― Advertisement ―

spot_img

Suspeito de tráfico de drogas é preso com arma na cintura no centro de Vila Pavão

  Na tarde do último domingo (16 de junho), um homem de 28 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal...

Adolescente de 17 anos morre por suspeita de dengue em Minas Gerais

 

Uma adolescente de 17 anos, natural de Timóteo, no Vale do Rio Doce, morreu na madrugada de terça-feira (9) por suspeita de dengue. A Funed (Fundação Ezequiel Dias) realiza exames para confirmar, ou não, se o óbito de Maria Elisa Bicalho Lessa foi em decorrência da doença.

Ao BHAZ, a Secretaria Municipal de Saúde de Timóteo informou que a paciente foi atendida no último sábado (6) na UPA (unidade de pronto atendimento) Geraldo dos Reis Ribeiro. Por lá, a jovem foi medicada e liberada.

“Lamentavelmente nesta terça-feira (9) recebemos a informação que ela veio a óbito no Hospital Márcio Cunha. De acordo com a Secretaria de Saúde neste momento não é possível afirmar com precisão se esse óbito foi resultado da dengue, o que será confirmado após a realização de exames pela Funed”, acrescenta a nota.

BHAZ procurou a Funed para saber se as causas da morte da adolescente já foram confirmadas e aguarda o retorno.

Colégio decreta dois dias de luto

O velório aconteceu ainda na terça-feira, no cemitério Jardim da Saudade. A Escola Batista de Acesita, onde a jovem estudava no 3º ano do ensino médio, lamentou a perda em publicação nas redes sociais.

“Nesse momento de dor, oramos para que o Senhor dê consolo, conforto e paz para a família da nossa querida aluna. Em virtude desse momento difícil para a nossa escola e em solidariedade à família, decretamos dois dias de luto”, informou a instituição.

O Colégio Católica Timóteo, onde a adolescente já estudou, também prestou homenagem à Maria. “É com profundo pesar que informamos o falecimento da ex-estudante Maria Elisa Bicalho Lessa, que vivenciou sua jornada de aprendizagem conosco e deixou uma marca indelével em nossos corações”, diz a mensagem.

Ações

Em 2023, o município de Timóteo registrou 5.422 casos de dengue e 351 de chikugunya. Nessa terça-feira (9), o Comitê de Combate às Arboviroses de Timóteo, que reúne representantes de vários setores da Administração Pública, se reuniu para definir novas estratégias e reforçar as ações de enfrentamento às doenças.

O município disse ao BHAZ que tem realizado mutirões de limpeza e recolhimento de entulho, fumacê e bomba costal, coleta regular de entulhos, capina e roçada, recolhimento de materiais recicláveis, dentre outros. Somente no mês de dezembro, segundo a prefeitura, foram recolhidos 380 caminhões de entulho em todas as regionais da cidade.

Fonte: BHAZ

 

Adolescente de 17 anos morre por suspeita de dengue em Minas Gerais