― Advertisement ―

spot_img

Ibovespa fecha em queda de 0,58% e começa a quarta-feira aos 123,7 pontos

  O Ibovespa (índice da bolsa de valores brasileira) caiu 0,58% e fechou a terça-feira(28) a 123,7 mil pontos. A alta da inflação de consumo...

8 de março: uma reflexão sobre o Dia Internacional das Mulheres

Nesta sexta-feira (08), a Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) dedica uma homenagem especial às mulheres que integram a instituição. São delegadas, agentes, escrivãs, investigadoras, assistentes sociais, psicólogas, auxiliares de perícia médico-legal, e tantas outras profissionais talentosas que desempenham papéis fundamentais para o sucesso de nossa missão.

O Dia Internacional da Mulher não é apenas uma data de celebração, mas uma oportunidade para refletir sobre as batalhas históricas travadas pelas mulheres e os desafios que ainda enfrentam em busca de igualdade e justiça. Remontando ao trágico episódio de 1857, quando operárias em Nova York lutaram por melhores condições de trabalho e foram violentamente reprimidas, essa data lembra da importância de reconhecer e valorizar as contribuições das mulheres em todos os setores da sociedade.

À medida que nos aproximamos do Dia Internacional da Mulher, é importante refletir sobre o verdadeiro significado desta data. Não se trata apenas de receber flores, bombons ou mensagens, mas de reconhecer e valorizar as lutas históricas das mulheres e promover uma sociedade mais igualitária e justa.

Recentemente, conduzimos uma enquete com dezenove mulheres da PCES para compreender suas percepções sobre gênero no ambiente de trabalho. Os resultados revelaram questões significativas relacionadas à igualdade de gênero e ao tratamento das mulheres na Instituição e fora dela.

A maioria das entrevistadas admitiu ter experimentado situações de subestimação ou menosprezo devido ao gênero em algum momento de suas carreiras. Além disso, todas concordaram que estereótipos de gênero influenciam suas experiências no trabalho, e muitas se sentiram incomodadas com brincadeiras relacionadas ao gênero. Não podemos ignorar o fato de que grande parte delas relatou ter sido vítima de assédio sexual ou moral.

Esses resultados destacam a importância de abordar questões de gênero e promover um ambiente de trabalho mais inclusivo e respeitoso para as mulheres em todos os setores. Somente por meio da conscientização e do trabalho conjunto podemos construir uma cultura que valorize e respeite as contribuições únicas das mulheres em todos os níveis da sociedade.

A PCES se compromete a continuar trabalhando para garantir um ambiente onde todas as mulheres se sintam valorizadas, respeitadas e capazes de alcançar o pleno potencial.

O delegado-geral da Polícia Civil do Espírito Santo, José Darcy Arruda, aproveitou a data para parabenizar as mulheres da Instituição: “Que este Dia da Mulher seja uma oportunidade para enaltecer o valor e o potencial de cada uma de vocês. Que possamos continuar avançando juntos na construção de um futuro mais igualitário e mais justo para todas”, disse.

Texto: Adriana Nascimento Amaral