― Advertisement ―

spot_img

Prefeitura realizará a entrega de títulos de propriedade de imóveis; veja a lista

A prefeitura de Barra de São Francisco, por meio da Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária, vai realizar a 1ª entrega de títulos...

Jovem dá facada no padrasto para defender a mãe de agressão

 

Um homem de 26 anos, que não teve o nome divulgado, foi esfaqueado pela enteada, de 22 anos, na noite de domingo (28), enquanto agredia a companheira dele que é mãe da menina, no bairro Bom Sucesso II, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo. O homem foi socorrido e foi autuado em flagrante por lesão corporal, injúria e ameaça, todos na forma da Lei Maria da Penha. Ele será encaminhado ao sistema prisional quando receber alta médica. A filha da mulher foi levada para a Delegacia onde foi ouvida e liberada, pois o delegado plantonista entendeu que houve legítima defesa.

Segundo a Polícia Militar, no local, a equipe encontrou populares que informaram onde estava acontecendo a briga, sendo visualizado três mulheres. Uma delas informou que a mãe, de 45 anos, flagrou no telefone celular do companheiro, várias conversas com outras mulheres. Diante do fato, iniciou-se uma discussão e em certo momento o homem, de 26 anos, começou a segurar, com ambas as mãos, os ombros da companheira e começou a sacudi-la, todavia, a filha da mulher, de 22 anos, entrou no meio do casal no intuito de impedir que a agressão continuasse conseguindo, momentaneamente, tirar a atenção do indivíduo da genitora, focando nela.

“A mulher de 22 anos passou a ser agredida pelo padrasto, com socos no rosto. Ao ver a filha sendo agredida, a mulher pegou uma barra de ferro na rua e jogou na direção do homem, entretanto ele não foi atingido. Ao notar que a companheira tentou algo contra ele, o indivíduo voltou sua atenção novamente para a mulher, a agredindo. Ao perceber que a genitora desmaiou com a aproximação do companheiro, a mulher de 22 anos pegou uma faca, que estava próximo, e apunhalou o padrasto no braço e na barriga”, informou a Polícia Militar.  Questionada onde estaria o homem, a equipe foi informada que ele estava na outra esquina. Os militares foram ao local indicado e encontraram o indivíduo encostado em um muro, agonizando. Ele foi socorrido pela Polícia Militar ao Hospital Roberto Silvares sob escolta. Mãe e filha foram conduzidas para a 18ª Delegacia Regional de São Mateus.

A Polícia Civil informou que o suspeito, de 26 anos, foi autuado em flagrante por lesão corporal, injúria e ameaça, todos na forma da Lei Maria da Penha. Ele será encaminhado ao sistema prisional, assim que receber alta médica. A assessoria não dispõe de boletins médicos. Uma mulher, de 22 anos, foi conduzida à Delegacia Regional de São Mateus onde foi ouvida e liberada, após a autoridade policial constatar que a mesma agiu em legítima defesa. O caso seguirá sob investigação da Polícia Civil.