― Advertisement ―

spot_img

Ibovespa recua 0,82% e está cotado aos 124.615 pontos

O índice da bolsa de valores brasileira (Ibovespa) começou as negociações desta sexta-feira (24) cotado aos 124.615 pontos. O patamar foi registrado após queda...

Detran|ES: Operação integrada flagra mais de 200 infrações de trânsito em Cachoeiro

Uma ação integrada de fiscalização de trânsito tirou dois motoristas alcoolizados das vias públicas de Cachoeiro de Itapemirim na noite do último sábado (11). Outros 127 condutores se recusaram a ser submetidos ao teste e foram autuados com as mesmas penalidades, incorrendo em infração gravíssima, multa de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por 12 meses. A operação foi mais uma ação do movimento Maio Amarelo para prevenção de sinistros de trânsito (acidentes) e conscientização dos condutores promovida pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran), por meio da Gerência de Fiscalização de Trânsito do órgão, em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran).  

Durante a operação, realizada na Avenida Beira Rio, foram abordados 283 automóveis, 120 motocicletas e 29 veículos como taxi ou transporte por aplicativo e foram confeccionados 232 Autos de Infração de Trânsito por condutas proibidas pela legislação de trânsito. Ao todo, foram realizados 305 testes de alcoolemia (bafômetro), 127 condutores se recusaram a fazer o teste e dois tiveram a embriaguez constatada no equipamento.  

O gerente de Fiscalização de Trânsito do Detran, Jederson Lobato, destacou a importância de a fiscalização estar presente em todo o Estado e fez um alerta para os condutores. “Levar a fiscalização de trânsito especializada do Detran e do Bptran aos municípios fora da Região Metropolitana da Grande Vitória é importante para reforçar a abrangência da legislação de trânsito e para evitar que se fomente uma ideia de que em determinados lugares há maior tolerância com desrespeito às leis de trânsito. Os números dessa ação reforçam por si só a importância de intensificar a fiscalização e de que os condutores repensem suas condutas e deixem de beber e dirigir ou irão sofrer as consequências de seus atos, sejam administrativas ou criminais”, alertou.  

Também foram flagradas infrações que comprometem a segurança do próprio condutor e de outros nas vias e outras relacionadas ao não cumprimento das obrigatoriedades do condutor ou proprietário do veículo como: conduzir o veículo com licenciamento atrasado; dirigir veículo sem possuir habilitação; permitir ou entregar veículo a pessoa não habilitada; dirigir com a validade de CNH vencida há mais de 30 dias; permitir que pessoa com CNH vencida há mais de 30 dias conduza veículo; conduzir sem equipamento obrigatório ou com equipamento obrigatório ineficiente ou inoperante; dirigir o veículo usando calçado que não se firme nos pés ou comprometa utilização dos pedais; dirigir veículo sem possuir cursos específicos obrigatórios; dirigir veículo com suspensão do direito de dirigir; deixar o passageiro de usar o cinto de segurança; desobedecer às ordens dos agentes de trânsito; conduzir o veículo em mau estado de conservação, comprometendo a segurança, entre outras.  

Além da fiscalização, a equipe de educação de trânsito do Detran também realizou abordagens educativas com os condutores, motociclistas, ciclistas e pedestres para reforçar a importância de adotar comportamentos seguros no trânsito.  

Abaixo os dados completos da Operação Lei Seca do sábado (11):    

– Veículos abordados: 432 

– Testes de alcoolemia (bafômetro): 305 

– Recusa ao teste de alcoolemia: 127 

– Embriaguez: 02 

– Autos de infração confeccionados: 232 

Principais autuações:  

– Recusa ao teste de alcoolemia (bafômetro): 127 

– Licenciamento atrasado: 34 

– Condutores sem Habilitação: 18 

– Permitir ou entregar veículo a pessoa não habilitada: 14 

– Condutores com CNH vencida há mais de 30 dias: 08 

– Conduzir o veículo sem equipamento obrigatório: 05 

– Permitir condução do veículo à pessoa com CNH vencida há mais de 30 dias: 04 

– Conduzir o veículo com equipamento obrigatório ineficiente/inoperante: 04 

– Dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou comprometa utilização dos pedais: 03 

– Dirigir sem possuir cursos específicos obrigatórios: 02 

– Dirigir veículo com suspensão do direito de dirigir: 02 

– Dirigir sob a influência de álcool: 02 

– Passageiro sem o cinto de segurança: 01 

– Entregar veículo a pessoa não habilitada: 01 

– Desobedecer à ordem do agente de trânsito: 01 

– Veículo em mau estado de conservação, comprometendo a segurança: 01 

Maio Amarelo 

O Maio Amarelo é um movimento internacional de conscientização para redução de sinistros de trânsito. O amarelo simboliza atenção, sinalização e advertência no trânsito.    

O objetivo é chamar atenção da sociedade para o tema “trânsito” e para o alto índice de mortes e feridos em todo o mundo, bem como colocar em pauta o tema “segurança viária” e, assim, mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para alertar e mostrar a dimensão e o impacto que os sinistros têm no cotidiano.   

O tema do movimento Maio Amarelo deste ano é “Paz no trânsito começa por você” e busca chamar atenção das pessoas para o papel de cada um no trânsito para construir um ambiente seguro e gentil, seja enquanto está andando pelas vias, pedalando, pilotando, dirigindo, de carona ou no transporte público.     

Ações educativas e de fiscalização    

Durante o mês, a equipe de educação do Detran está percorrendo municípios de todo o Estado com atividades educativas nas ruas para sensibilizar pedestres, ciclistas, motociclistas e condutores e também em empresas, levando o tema para os funcionários.    

Confira aqui a programação de atividades.    

A equipe de fiscalização de trânsito do órgão também atua nas ações de educação e em parceria com a Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Civil do Espírito Santo (PCES) e Guardas municipais, intensificando as operações de fiscalização em todo o Estado.    

Café em tendência de alta