― Advertisement ―

spot_img

Arroba do boi gordo inicia a segunda-feira (27) mais barata

O preço da arroba do boi gordo mantém a tendência de queda observada no mês de maio. No último fechamento, o valor do produto...

Definidos os campeões da Superfinal da Copa do Mundo de Parapente, em Baixo Guandu

Os campeões da 13ª Superfinal da Copa do Mundo de Parapente 2023, disputada na Rampa do Monjolo, em Baixo Guandu, foram conhecidos no sábado (16). A competição, que teve início no dia 06 deste mês, contou com o patrocínio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), por meio do programa de Chamamento Público.

A França dominou o pódio e faturou o primeiro lugar nas categorias feminina, com Meryl Delferriere, e masculina, com Honorin Hamard. A equipe vencedora foi a Ozone, que conta com três franceses e um britânico.

No total, 130 pilotos, de 25 países, marcaram presença na competição, que concluiu a temporada do ano passado. O calendário 2024 terá início em maio, com a etapa nas cidades de Grindelwald e Interlaken, nas montanhas da Suíça.

Esta foi a terceira vez que Baixo Guandu sediou uma Super Final de Copa do Mundo. O município é considerado um dos melhores locais do mundo para a prática da modalidade, com decolagens na Rampa do Monjolo e o espetacular visual do vale do Rio Doce.

“Parabéns mais uma vez a Baixo Guandu por organizar um evento internacional desse porte. Ganha a economia do município e ganha também nosso Estado, que recebe uma visibilidade positiva por meio de quem veio participar e de quem acompanha a competição, que durou quase duas semanas. Parabéns também a todos que subiram ao pódio após tantos dias de disputa”, destacou o secretário de Estado de Esportes e Lazer, José Carlos Nunes.

Confira os três primeiros lugares de cada categoria:

Equipes:

1º Lugar: OZONE

2º Lugar: NIVIUK 1

3º Lugar: ALAS DE HOMBRE

Feminino:

1º Lugar: MERYL DELFERRIERE (FRANÇA)

2º Lugar: ALEXIA FISCHER (ESTADOS UNIDOS)

3º Lugar: CONSTANCE METTETAL (FRANÇA)

Masculino:

1º Lugar: HONORIN HAMARD (FRANÇA)

2º Lugar: BAPTISTE LAMBERT (FRANÇA)

3º Lugar: JOACHIM OBERHAUSER (ITÁLIA)