― Advertisement ―

spot_img

Justiça Federal nega novo pedido de transferência de Ronnie Lessa

O juiz titular da 5ª Vara Federal de Campo Grande (MS), Luiz Augusto Iamassaki Fiorentino, negou novo pedido da defesa de Ronnie Lessa para...

Corpo do Padre Luiz Carlos Meneghetti será velado nesta sexta-feira em Barra de São Francisco

 

Morre em Cariacica o Padre francisquense Luiz Carlos Meneghetti - SiteBarra

Nascido em Barra de São Francisco em 27 de agosto de 1954, desde cedo trabalhou na lavoura, serralheria e fabricação de tijolos de barro para ajudar no sustento da família, Padre Luiz Carlos Meneghetti ingressou no Seminário Passionista aos 17 anos de idade, sendo ordenado presbítero em 1985, pelas mãos do Bispo da Diocese de São Mateus/ES, D. Aldo Gerna, na Igreja Matriz de Barra de São Francisco/ES.

Padre Luiz Carlos era formado em Filosofia, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais ( PUC-MG) e em Teologia pelo Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Vitória/ES. Atuou como pároco ou vigário nas paróquias de Belo Horizonte/MG, Colatina/ES, Cascavel/PR, Barbacena/MG, Goiânia/GO, Vila Velha/ES e Cariacica/ES, onde segue sua missão com dedicação, carisma e muito afeto, promovendo a memória da Paixão de Cristo, por meio da sua vocação.

Desde a ordenação, Padre Luiz Carlos viveu sua vocação sacerdotal no meio do povo pregando e evangelizando.

Em sua rede social, “A Paróquia Imaculado Coração de Maria expressa sua profunda tristeza, mais mantém a esperança na vida eterna”.

Em 2022, pelas mãos de irmã Elisabete Meneghetti Blunck, sua história foi eternizada no livro “Servir na Compaixão”.

Onde Elisabete faz uma busca incansável para confrontar e esclarecer detalhes da história das famílias dos seus antepassados. Os parentes mais longevos e os álbuns de família foram a base principal para ilustrar os acontecimentos deste ser humano tão estimado e de sabedoria admirável.

O livro “SERVIR NA COMPAIXÃO” foi construído a partir da metodologia – História Oral, utilizando técnica de entrevista e depoimentos, para colher dados sobre a vivência e o legado de fé, deixado nas comunidades, paróquias e serviços realizados pelo padre Luiz Carlos Meneghetti, CP.

Nesta obra, a autora resgatou a memória histórica das famílias De Paula e Meneghetti, trazendo para os leitores a genealogia de cada família que se destacam como a base da espiritualidade e afetividade do protagonista do enredo. O livro foi organizado em quatro capítulos: A família, O Chamado, A Atuação Sacerdotal e As Homenagens de Amigos e Familiares. Os leitores irão se emocionar ao viajar no tempo e na história de um jovem que ouviu um chamado espiritual, se identificou com ele e dedicou sua vida desde os seus 17 anos de idade, para viver a experiência de uma vida fraterna e comunitária, comprometendo-se por meio de um voto especial a promover A MEMÓRIA DA PAIXÃO DE CRISTO com resiliência, compaixão e obediência às normas da Congregação Passionista-CP, cujo fundador São Paulo da Cruz.

Miniguiti Morreu na manhã desta quarta-feira 27, aos 69 anos de idade, seu velório fará o trajeto de sua história, e começa nesta quinta-feira em Jardim América. Sexta-feira a tarde em Barra de São Francisco e após o corpo será levado para Colatina, onde acontece o último velório e a tarde será enterrado.

 

PADRE FRANCISQUENSE, LUIZ CARLOS MENEGHETTI TERÁ SUA BIOGRAFIA LANÇADA.

Dólar: moeda custa R$ 4,98