― Advertisement ―

spot_img

Major Coimbra é homenageado com a Medalha Vasco Fernandes Coutinho

Em uma cerimônia marcada pela emoção e reconhecimento, o Major Coimbra, Chefe da Divisão Administrativa do 11° BPM, foi agraciado com a Medalha Vasco...

Ales 190 anos: autoridades serão homenageadas

Em entrevista ao jornal “Na Cidade” desta segunda-feira (11), o presidente Marcelo Santos (Podemos) falou sobre as comemorações dos 190 anos da Assembleia Legislativa (Ales), previstas para este ano. Ele destacou a  importância de aproveitar a data para explicar o impacto desse Poder na vida dos capixabas.

Segundo Marcelo, as celebrações para marcar o aniversário da Ales vão incluir sessões solenes e homenagens a deputados que já presidiram a Casa, além do reconhecimento a autoridades políticas que já passaram pelo Legislativo, como os ex-governadores Max Mauro e Paulo Hartung e o atual chefe do Executivo, Renato Casagrande (PSB).

O presidente enalteceu a parceria firmada com o Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (IHGES) com o objetivo de levantar a massa documental do Arquivo Geral da Assembleia. Na opinião dele, essa pesquisa vai ajudar a difundir ainda mais a contribuição da Casa para a democracia e o desenvolvimento do Espírito Santo.

“Não tem um prego colocado em qualquer lugar desse estado com dinheiro público que não passou pela autorização da Assembleia Legislativa. Todos os investimentos, seja na área de segurança, saúde, educação, em qualquer área, a Assembleia é protagonista, porque cabe a ela autorizar ou não, por exemplo, a peça orçamentária”, ressaltou.

Transparência e Ales Digital

O deputado também falou de iniciativas de destaque do Legislativo capixaba, como as ações de transparência e o projeto de virtualização dos processos. Marcelo frisou que a Ales é o poder constituído mais transparente do Espírito Santo, e a segunda entre as casas legislativas estaduais no Brasil. “Não vou descansar enquanto nós não alcançarmos o primeiro lugar no Brasil”, pontuou.

Sobre o processo de digitalização dos processos legislativos e administrativos, o presidente apresentou vantagens da medida como a economia de “milhões de reais” no uso de papel, no gasto com pessoal, combustível, carro. “Isso torna a Assembleia mais veloz, mais eficaz e mais proativa”, afirmou.

Segurança pública

Ao frisar o desafio que existe de mostrar o trabalho realizado pelo Legislativo para a população em geral, Marcelo Santos reiterou atenção que os deputados dispensam sobre o Orçamento do Estado, que contempla diversos setores, como a segurança pública, “um grave problema que o país e o mundo atravessam”, uma vez que “o crime está bem armado (…) e tem equipamentos tecnológicos que monitoram inclusive as nossas forças de segurança”.

Apesar da queda na arrecadação do orçamento, o presidente pontuou a autorização que o Legislativo vem concedendo para que a área da segurança receba mais investimentos em armamento e novas tecnologias contra o crime. Conforme disse, as medidas têm reflexos positivos nos índices, como queda de homicídios e feminicídios.

Dólar: moeda custa R$ 5,12