― Advertisement ―

spot_img

Covid-19: nova vacina começa a ser aplicada em PE

Assim como o vírus da gripe vai sofrendo mutações ao longo do tempo, o Sars-CoV-2, que causa a Covid-19, também. Por isso, a cada...

4ª CNC: 133 delegados culturais da região Sul decidiram propostas prioritárias para cultura

A participação de delegados culturais da região Sul foi fundamental nas discussões da quarta Conferência Nacional da Cultura (CNC), realizada em Brasília na última semana. Juntos, o Paraná, o Rio Grande do Sul e Santa Catarina enviaram 133 delegados culturais à capital do país para debater políticas culturais, visando o fortalecimento da Democracia e a garantia dos direitos culturais em todos os âmbitos da Federação.

O estado do Paraná enviou 42 representantes, o Rio Grande do Sul 49 e Santa Catarina participou dos debates com 42 delegados. a maioria foi eleita durante as conferências regionais realizadas nos municípios e estados. Os trabalhos foram encerrados quando os delegados e delegadas decidiram as 30 propostas prioritárias que irão compor o documento final do encontro.

A ministra da Cultura, Margareth Menezes, reforça que a participação social foi fundamental para o sucesso da quarta conferência nacional de cultura. 

“Essa é a maior Conferência Nacional de Cultura já realizada até agora, porque, pelos aspectos de participação, principalmente. tem gente participando de todas as regiões do Brasil, de todas as cidades, pelo menos uma grande maioria das cidades do Brasil está aqui presente, com representação da cultura indígena, da cultura cigana, acolhendo tudo isso, trazendo os quilombolas para além da cultura urbana, da cultura Hip hop. Enfim, das culturas todas que já tem”.
 
Representando a cidade de Caxias do Sul, o delegado cultural, Nelson Giles, viajou quase dois mil quilômetros para participar das discussões que nortearão as políticas públicas culturais do setor nos próximos 10 anos. Ele destaca a importância da defesa dos interesses coletivos durante os debates.

“Fomos 49 delegados, entre eleitos pela sociedade civil, setoriais e representantes do poder público. E a gente foi com muita esperança, muita expectativa, e voltamos felizes. foi muito importante para nós, reforçou o movimento cultural aqui no nosso estado. E nós tivemos delegados de Jaguarão, que é lá no Sul, fronteira com Uruguai, do centro do estado, Santa Maria, da região da serra. por exemplo, eu falei Caxias, você já foi bem diverso. Foi muito importante isso. E aqui estamos nos mantendo unidos e conversando para dar encaminhamento e sequência à luta pela democracia e o direito à cultura.”

Durante a 4ª CNC, cento e quarenta propostas trazidas das conferências municipais, estaduais e regionais foram acolhidas e discutidas em grupos de trabalho e plenárias. destas, trinta foram aclamadas como prioritárias.

Agora, o Ministério da Cultura tem até sessenta dias para divulgar o relatório com o texto final das propostas definidas ao longo do encontro.

Após passar por audiência pública, as propostas vão compor o novo Plano Nacional de Cultura, que definirá as políticas públicas para a cultura brasileira nos próximos dez anos.

Realização 
A 4ª CNC é realizada pelo MinC e pelo Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), e correalizada pela Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura no Brasil (OEI). além disso, conta com apoio da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso Brasil). 
 

Ministra Margareth Menezes com a Delegação do Paraná_Foto Filipe Araújo  MinCMinistra Margareth Menezes com a Delegação do Paraná_Foto Filipe Araújo MinC