― Advertisement ―

spot_img

Desoneração da folha contribuiu para a criação de 9,3 milhões de empregos; aponta Brasscom

Entre janeiro de 2017 e fevereiro deste ano, foram registrados 9,3 milhões de empregos formais nos 17 setores desonerados; aponta o levantamento da Associação Brasileira...

Capixaba vai representar o Brasil no Sul-Americano de marcha atlética

Após se sagrar campeão da Copa Brasil de Marcha Atlética, o capixaba Davi Gabriel Bastos foi convocado para a seleção brasileira que representará o País no Campeonato Sul-Americano de Marcha Atlética. O torneio será realizado no dia 10 de março, na Arena Pernambuco, em Recife.

Contemplado pelo programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), Davi Gabriel Bastos começou a temporada com uma boa marca na Copa Brasil de Marcha Atlética, que foi realizada em Vitória, com apoio da Sesport via chamamento público, e serviu como classificatória para o campeonato. O capixaba atingiu a marca de 51:38 minutos no circuito.

Davi Gabriel disputa na categoria sub-18 e foi o único atleta do Espírito Santo classificado para o Sul-Americano. Ele está confiante em uma ótima colocação e destacou que o Bolsa Atleta contribuirá bastante no desempenho na competição e na carreira esportiva dele.

“Minha expectativa para o Sul-Americano é melhorar a minha marca, representar bem o meu Estado e o Brasil, e ter uma ótima colocação na marcha atlética. Ser contemplado pelo Bolsa Atleta tem uma importância muito grande e vai ajudar bastante no meu desempenho e na minha carreira no atletismo”, disse Davi Gabriel.

O secretário de Estado de Esportes e Lazer, José Carlos Nunes, parabenizou o atleta pela conquista. “Nós reconhecemos e valorizamos o potencial do Davi. Não tenho dúvidas de que essa conquista foi resultado de muitos treinos e trabalho duro. Tenho certeza de que ele fará uma grande prova e trará muito orgulho para o Espírito Santo e para o Brasil. Estamos aqui para oferecer o apoio necessário, por meio dos nossos programas de incentivo ao esporte, como o Bolsa Atleta e Voe Atleta”, afirmou Nunes.

O técnico Diogo Mello, que acompanha o atleta em diversas competições em todo o Brasil, conta sobre a preparação para que ele chegue bem no Sul-Americano e aproveite a experiência tanto como atleta quanto como cidadão, conhecendo a cultura dos outros países que estarão presentes.

“Estamos mantendo o mesmo padrão feito para a Copa Brasil para que ele chegue bem na competição e tenha bons resultados nos treinos, que são fruto do trabalho dele e do nosso trabalho que já vem sendo feito desde o ano passado. A expectativa é que ele consiga desfrutar não somente da competição, mas de todo o aspecto de convivência social, conhecer outras culturas e países”, contou Diogo Mello.

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

Com um investimento de R$ 3,9 milhões, o edital 2024 atingiu o recorde de esportistas de alto rendimento selecionados, com 234 contemplados, 43 a mais do que no edital anterior. Serão pagos aos selecionados 12 parcelas mensais, de acordo com a categoria: estudantil (R$ 500), nacional (R$ 1.500), internacional (R$ 2 mil) e olímpico (R$ 4 mil).