― Advertisement ―

spot_img

Refugiados compartilham histórias e vivências em feira no Rio

A libanesa Farah Al Najjar está há 3 anos no Brasil; o venezuelano Alejandro Echezuria, há 7 anos; e, o congolês Alfred Camara...

Aderes reúne bancos comunitários para treinamento no E-Docs e de educação financeira

Um dia para transmitir conhecimento. Esse foi o objetivo do Seminário para Bancos Comunitários que a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas (Aderes), realizou nessa quarta-feira (15), das 09h às 17h, na Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), em Vitória. Ao todo, 14 bancos comunitários do Estado participaram do evento que tratou de temas como Edital de Chamamento Público, Sistema Corporativo de Gestão de Documentos Arquivísticos Digitais (E-Docs) e Gestão Financeira.

Para o diretor de Fomento e Inovação da Aderes, Alexandre Passos, resgatar a política pública dos Bancos Comunitário no Estado é uma das prioridades da Aderes, em função disso, iniciamos um processo de ajustar as prestações de contas dos bancos, permitindo que eles se tornem administrativamente e juridicamente organizados.

O objetivo desse trabalho, segundo Alexandre Passos, é fazer com que os bancos possam participar não só de editais abertos pela Aderes, mas de outras instituições públicas e privadas. “Estamos iniciando uma nova fase dos bancos comunitários, ofertando qualificação técnica, entre elas capacitação em gestão administrativa e financeira, queremos também, e já está previsto, uma qualificação na captação de recursos, por meio editais públicos e privados, nosso objetivo final é chegar em uma fase em que os bancos comunitários do Estado, além do apoio do Governo se tornem autossustentáveis”, pontuou o diretor de Fomento e Inovação da Aderes.

Segundo o gerente de Microcrédito da Aderes, Helton Braz Scarpe, o Seminário para os Bancos Comunitários foi um momento de grande oportunidade de aprendizado e conhecimento. “Esse foi apenas o primeiro de muitos que ainda virão com a finalidade de fortalecer a política pública que trata dos bancos comunitários de todo Espírito Santo”, ressaltou Helton Scarpe.

Já a assessora da gerência de Microcrédito da Aderes, Rozilda Barcelos Rossi Pereira, que fez a leitura e mediou o debate sobre o Edital de Chamamento Público 037/2024, que trata de finanças solidárias para bancos comunitários, falou sobre a importância de os bancos estarem preparados para poderem participar dos chamamentos públicos que são abertos. “Estamos gratos com o comprometimento dos gestores dos bancos comunitários e isso é muito importante nessa nova fase em que estamos qualificando a gestão dos bancos comunitários”, disse.

O presidente do Instituto Verde Vida e gestor do Banco Comunitário Verde Vida, João Manoel Ribeiro dos Santos, disse que o encontro foi de orientação e esclarecimento. “A formação foi muito importante para todos os presentes, para sabermos quais cuidados precisamos ter na hora de prestar conta, aprender sobre gestão financeira, edital. Foi muito proveitoso, fomos muito bem acolhidos e o nosso desejo é que esse tipo de encontro, que nos proporcionou troca de informação e experiência, aconteça mais vezes”, afirmou seu Joãozinho como é conhecido.