Workshop prepara empresas para rodada virtual de negócios com grandes fornecedores do Estado

Foi realizado, nesta quarta-feira (18), por meio de videoconferência, o workshop de preparação para a rodada virtual de negócios com grandes fornecedores do Governo do Estado do Espírito Santo, que acontecerá no próximo dia 25 de novembro, das 14h às 18h. O evento on-line reuniu representantes da Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Secretaria da Justiça (Sejus) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). 

Durante o encontro, foram apresentadas aos empresários as instruções de acesso à plataforma de reunião on-line Teams, a metodologia da rodada de negócios virtual, as técnicas de Pitch para uma boa reunião de negócios, bem como as informações sobre o papel dos fornecedores da construção com a utilização do Building Information Modelling (BIM). A assessora especial da Sedes, Fabrine Schwanz, explicou que a rodada de negócios é um momento importante para que as empresas capixabas façam negócios com os principais fornecedores do Governo do Estado.

“Esse é um trabalho em conjunto entre diversas entidades para o mapeamento de fornecedores e para levar aos empreendedores as oportunidades de novos negócios. O Fornecedores em Rede é um programa que trabalha com capacitações, para tornar as empresas cada vez mais competitivas e reter os recursos para o desenvolvimento do Espírito Santo. Além disso, trabalha com o Eixo Empregos, em parceria com o Sine e a Sejus, mapeando demandas das empresas por mão de obra, capacitando profissionais para atuar nas empresas de forma qualificada e gerando oportunidades no mercado de trabalho”, ressaltou Fabrine Schwanz.

Já a gerente de Educação e Trabalho da Sejus, Regiane Kieper do Nascimento, destacou que o Governo do Estado investiu em 26 novas unidades do sistema prisional para fornecer um tratamento adequado de saúde, educação, psicossocial aos presos, e utiliza o trabalho como ferramenta de integração social. “O projeto ‘Ressocialização pelo Trabalho’ busca reinserir os detentos e egressos do sistema prisional no mercado de trabalho”, afirmou.

Em seguida, Regiane Kieper apresentou as vantagens para o empregador em utilizar essa mão de obra. “O empregador conta com o apoio da equipe psicossocial do sistema para apoio na seleção, além da disponibilidade da equipe técnica da Sejus para sanar dúvidas e dificuldades. Também se considera a alta produtividade por parte do detento, pois três dias de trabalho representam um dia a menos na pena a cumprir. Vale destacar que a parceria é realizada por meio do convênio entre a empresa e a Sejus. Já as obrigações são oferecer o salário mínimo vigente, vale transporte, alimentação, uniformes e equipamentos de proteção individual”, explicou.

Durante a videoconferência, a consultora do Instituto Senai de Tecnologia, Regiane Faria Giacomin, fez uma apresentação sobre a utilização do Building Information Modelling (BIM). “É uma metodologia que simula o que pretende construir na realidade, oferendo informações, recursos e suporte para cada etapa de um projeto. A metodologia é disponibilizada para todos os stakeholders envolvidos no ciclo de vida da edificação, desde a viabilidade do projeto, planejamento até a execução”.

A representante do Sebrae, Ana Carolina Apolinário Ferreira, discutiu sobre os benefícios da rodada de negócios para os vendedores e para os compradores. “Os vendedores podem ampliar as vendas, expandir o contato com grandes e médios compradores e reduzir os custos com prospecção e conversão de clientes. Já os compradores têm a oportunidade de ampliar e atualizar o banco de dados de fornecedores, melhorar a variedade e qualidade de bens e serviços e reduzir os custos com fornecimento”.

Sobre a rodada de negócios

O evento ocorrerá no próximo dia 25 de novembro, das 14h às 18h, com o objetivo de criar oportunidades para que empresas inscritas acessem e façam negócios com grandes fornecedores do Governo do Estado.

A rodada de negócios será voltada para a construção civil e contará com a participação da empresa GCE/SA, vencedora da licitação para a construção da nova unidade Penitenciária Estadual de Vila Velha VI – Complexo Penitenciário de Xuri. Na ocasião, as empresas capixabas terão a oportunidade de apresentar o portfólio de produtos e serviços, que atendam às demandas apresentadas pela GCE.

A iniciativa pretende trazer competitividade às empresas capixabas, visando ao desenvolvimento econômico e social do Estado, garantindo o retorno de recursos ao mercado local nos investimentos realizados pelo Governo do Espírito Santo.

Texto: Carolina Moreira

Leia mais

Sobe para 44% o percentual de domicílios beneficiados com o Auxílio Emergencial no país, aponta IBGE

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Covid-19, do IBGE, aponta que passou de 43% em junho para 44% em julho o percentual...

Recessão econômica gerada pela pandemia impactou financiamento do Fundeb

Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) constatou que a queda na arrecadação de impostos, ocasionada pela pandemia da Covid-19, teve impacto no...

Gestores devem tomar cuidado com a dispensa de licitação para combater a Covid-19

O estado de São Paulo possui, atualmente, 85% dos municípios em estado de calamidade pública por conta da pandemia da Covid-19. E para combater...

Leia também

Seis carros se envolvem em engavetamento na Dante Michelini, em Vitória

Apenas um dos motoristas teve pequenos ferimentos no rosto. Uma mulher grávida estava em um dos carros, mas não teve lesões. Por Any Cometti e...

Papai Noel dos Correios: a menos de um mês para o Natal, só metade das cartinhas foram adotadas no Espírito Santo; veja como fazer

O prazo final para entrega de presentes e adoção de cartas é até a próxima sexta-feira, dia 4 de dezembro. Campanha 'Papai Noel dos Correios'...

Jovem é detido pela PM com arma de fogo e munições em Nova Venécia

Na tarde desta sexta-feira (27/11/2020), em Nova Venécia, policiais militares do 2º Batalhão detiveram um jovem de 18 anos. Com ele foi apreendido um...

Mulher que foi presa por atropelar e matar o marido em Linhares é solta com liberdade provisória

Juiz ponderou que a acusada tem dois filhos menores de idade e um ainda precisa ser amamentado. Mesmo sem estar no presídio, ela está...