Votação é adiada e Ufes continua sem previsão para retomada das aulas presenciais no Espírito Santo

A retomada de pelo menos parte das aulas presenciais na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) permanece sem previsão para acontecer.

Uma votação do Conselho Universitário, que ocorreria na última terça-feira (31) justamente com o propósito de definir a volta às aulas, foi adiada e ainda não há nova data marcada para que ela aconteça.

De acordo com a Administração Central da Universidade, a Comissão de Legislação e Normas solicitou mais tempo para encaminhar um parecer.

“Por este motivo, a discussão sobre a possibilidade de migração da fase 2 (em que prevalecem as atividades remotas) para a fase 3 (marcada pelas atividades híbridas) do plano de contingência da Ufes foi retirada de pauta e será realizada em uma outra sessão, em data a ser agendada”, explicou a Administração Central em nota.

As aulas presenciais estão suspensas na Ufes desde março de 2020, devido à pandemia da Covid-19.

No entanto, na última semana, o governador Renato Casagrande (PSB), autorizou a retomada das aulas em universidades públicas e privadas a partir de 14 de setembro, desde que as instituições sigam um protocolo sanitário contra a Covid-19.

Mesmo após o anúncio do governador, a Ufes informou que manteria a retomada das aulas, a partir do dia 9 deste mês, em formato apenas remoto. A decisão, de acordo com a Universidade, considera “as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde de adoção de medidas de distanciamento e isolamento social como formas de diminuir a propagação da Covid-19; e as diretrizes do Governo Federal expressas na Portaria 544/2020, do Ministério da Educação, que autoriza as universidades federais a adotar aulas em meios digitais em substituição às aulas presenciais enquanto durar”.

Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória — Foto: Luciney Araújo/ TV Gazeta

Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Vitória — Foto: Luciney Araújo/ TV Gazeta