Voluntários arrecadam doações para animais que vivem em ruas e abrigos do Espírito Santo

Com a queda nas temperaturas nos últimos dias após a chegada da frente fria ao Espírito Santo voluntários estão se mobilizando para ajudar animais que vivem nas ruas e animais resgatados que vivem em abrigos de municípios da Grande Vitória. A reportagem especial é de Fabiana Oliveira, do G1 ES.

Uma delas é a autônoma Michela Rodrigues. Ela trabalha com hospedagem de animais e também resgata animais.

Michele soube da frente fria e resolveu reunir doações como, cobertores, ração e roupas de frio para animais que vivem nas ruas. Na última quinta-feira (29) ela fez a primeira entrega pelas ruas de Vila Velha.

“Como alguns são cuidados por pessoas que também vivem nas ruas a gente também tem doado roupas de frio e cobertores para eles”, disse.

Outra voluntária que tem arrecadado doações é a assistente social Schirley Penut Dutra. Ela tem recolhido roupas, tecidos e camas para animais resgatados que vivem em um abrigo da Serra.

Incaper alerta para queda de temperatura

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) emitiu um alerta para o declínio acentuado de temperatura e possibilidade de formação de geada no Espírito Santo nos próximos dias.

Entre sexta-feira (30) e segunda-feira (02) a sensação térmica pode ficar inferior a 0 °C em algumas regiões.

Michela Animais: Avenida Professora Francelina Carneiro Setúbal, 84, Itapuã, Vila Velha. Contatos podem ser feitos pelo telefone (27) 99621 0415 ou pela rede social @kafofodatiamichela.hospedagem .

Por Eles: Os contatos podem ser feitos pelo telefone (27) 9916 8959 ou pelas redes sociais @poreles.es ou @lilianedos67.

Voluntária distribui ração arrecadada para animais de rua no ES — Foto: VC no G1

Voluntária distribui ração arrecadada para animais de rua no ES — Foto: VC no G1

Voluntários tem arrecadado doações para animais resgatados que vivem em abrigo da Serra — Foto: VC no G1

Voluntários tem arrecadado doações para animais resgatados que vivem em abrigo da Serra — Foto: VC no G1