Volta às aulas no Espírito Santo só quando houver ‘queda consolidada’ dos óbitos e casos graves de Coronavírus, diz secretário

Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (13), o secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes, disse que a volta às aulas presenciais só deve acontecer quando o Espírito Santo registrar queda no número de casos graves e mortes causadas pela Covid-19 por, pelo menos, três semanas seguidas.

“É possível o retorno das aulas no momento em que nós tivermos a queda consolidada no número de óbitos e casos graves. Não é tendência, nem curva de recuperação, é, de fato, ter consolidado o retorno a uma etapa equivalente à etapa de transmissão local. Precisamos que seja uma queda sustentada de, pelo menos, três semanas em todos os indicadores”, explicou.

A transmissão é considerada local quando é possível que os agentes localizem a origem da infecção. Já na transmissão comunitária, que ocorre atualmente no Espírito Santo, não é possível identificar a trajetória de infecção do vírus.

Nésio ressaltou, entretanto, que não há prazo definido para que a situação se estabilize a ponto de garantir o retorno seguro das atividades.

“Se isso ocorrer em agosto, retorna em agosto. Se isso ocorrer em setembro, retorna em setembro. Se isso não acontecer nem em agosto nem em setembro, só retorna em outubro”, apontou o secretário.

Gráfico de comparação da curva de novos casos da Covid-19 entre estados brasileiros — Foto: Sesa/ES

Gráfico de comparação da curva de novos casos da Covid-19 entre estados brasileiros — Foto: Sesa/ES

A retomada de cirurgias e procedimentos médicos programados e eventos esportivos, garantiu o secretário, devem seguir o mesmo critério.

O secretário reforçou que ainda é preciso que toda a população respeite medidas como o isolamento e o distanciamento social, além do uso de máscaras.

“Se reunirmos as condições que coloquei anteriormente, sim, é possível retomar um conjunto mais amplo de atividades sociais. No entanto, isso não será uma decisão tomada a partir da avaliação de tendências, mas sim a partir de um contexto consolidado da avaliação da pandemia no estado”, afirmou.

Nésio Fernandes e Luiz Carlos Reblin durante coletiva de imprensa no ES — Foto: Divulgação/ Sesa ES

Nésio Fernandes e Luiz Carlos Reblin durante coletiva de imprensa no ES — Foto: Divulgação/ Sesa ES

Leia mais

Criança leva 16 pontos no pescoço após ser atingida por linha de pipa com cerol, no Espírito Santo

Uma menina de oito anos levou 16 pontos no pescoço após ser atingida por uma linha de pipa com cerol quando andava de bicicleta....

Enem 2020 terá provas impressas e digitais

As inscrições para as provas impressa e digital serão entres os dias 11 a 22 de maio ...

Nova Venécia chega a 40 casos confirmados de coronavírus

O município de Nova Venécia registrou mais seis...

Governo Federal já zerou tarifa de importação de 394 produtos durante pandemia

Foto: Javier Matheu/Unsplash O Governo Federal zerou o Imposto de Importação de mais 81 produtos utilizados no combate à...

Leia também

Espírito Santo chega a 2.720 óbitos e 76.985 curados em 91.146 casos de Coronavírus; veja mais informações

Na comparação com os dados divulgados nesta sexta-feira (7), o aumento é de 22 mortes e 1.223 novos casos da doença. O Espírito Santo registrou,...

Espírito Santo: empresa doa computador e coloca internet na casa de aluno surdo

Antes da doação, uma professora percorria 40 quilômetros para dar aula ao estudante. Uma empresa doou um computador e internet para ajudar o estudante de...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Centro-Oeste do país tem tempo quente e seco, neste domingo (9)

Nada muda e o tempo quente e seco permanece sobre a região Centro-Oeste do país, neste domingo (9), em Mato Grosso, Mato Grosso do...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Norte do país tem tempo quente e seco, neste domingo (9)

Previsão de tempo quente e seco na região Norte do país, neste domingo (9). A chuva segue restrita ao norte da região, com maiores...