Visitas serão retomadas nos presídios do Espírito Santo no dia 10 de agosto

As visitas aos internos do sistema prisional do Espírito Santo voltarão a acontecer no dia 10 de agosto. Elas estavam suspensas desde o dia 1º de abril em decorrência da pandemia.

O anúncio sobre a flexibilização aconteceu nesta sexta-feira (31), após criminosos incendiarem mais um ônibus na Grande Vitória deixando bilhetes com reclamações sobre o sistema prisional do Estado.

Segundo a Secretaria de Justiça (Sejus), a medida foi tomada por causa da estabilização do número de casos ativos de infecção pelo coronavírus.

Somente um familiar adulto poderá visitar o preso, e apenas uma vez por mês. Como medida de segurança, o familiar terá que usar máscara e higienizar as mãos com álcool.

Ele também terá a temperatura medida por um funcionário e deverá responder a um questionário de saúde antes da entrada. Caso haja suspeita ou sintomas gripais, a visita será reagendada.

As visitas serão realizadas no parlatório, onde o preso e o familiar não terão contato físico. No local, eles se comunicam pelo telefone e ficam separados por uma parede de vidro.

O agendamento das visitas com as famílias será feito pela unidade prisional onde o interno está custodiado.

O subsecretário de Estado para Assuntos do Sistema Penal, Alessandro Ferreira de Souza, destaca que o aumento do número de visitantes nos presídios será analisado de forma gradual.

“Neste início, vamos padronizar uma visita mensal por preso. Apenas uma pessoa adulta estará autorizada a entrar. Orientamos também que este familiar não pertença ao grupo de risco, bem como não vá à unidade acompanhada de recém-nascido, criança ou adolescente. Vamos observar também como a pandemia se comportará nesse período até que possamos retomar gradativamente à normalidade”, disse.

Atualmente, 11 presos fazem tratamento da doença e são acompanhados pelas equipes de saúde das unidades. Desde o início da pandemia no Estado, 220 presos tiveram a Covid-19 e já estão curados.

Religião

As atividades religiosas também voltam a funcionar em todo o sistema prisional, seguindo as recomendações estabelecidas pela Secretaria da Saúde. A atividade está prevista na Lei de Execução Penal (LEP).

Os voluntários religiosos poderão retornar com uso de máscaras de proteção, luvas e protetor facial, em dias e horários estabelecidos pelas unidades prisionais, para evitar aglomerações.

Educação

A Sejus também está estudando o retorno dos presos para o trabalho externo. Também planeja, junto à Secretaria da Educação (Sedu), o retorno das ações de educação nas unidades prisionais do Estado.

 

Leia mais

Bolsonaro diz que cloroquina “não tem comprovação” e “não recomenda” uso

Durante transmissão ao vivo do Palácio da Alvorada...

Policiais civis serão vacinados contra gripe nesta quinta-feira (16)

A Polícia Civil vai disponibilizar 250 doses para os policiais civis que estão na ativa e...

Secretaria da Educação cria Programa de Atividades Pedagógicas Não Presenciais para alunos da Rede Estadual

Com a suspensão das aulas presenciais para conter a disseminação do novo Coronavírus (COVID-19) e o fim do...

Três moradores de Barra de São Francisco são presos em Mantena com produtos de furto

Durante patrulhamento rotineiro nesta quinta-feira, 28/05/2020, os policiais observaram que   um casal e um rapaz ao avistarem a viatura demonstraram nervosismo e aceleraram seus...

Leia também

Mudança na CLT propõe mesma regra do presencial para home office

Um Projeto de Lei apresentado na Câmara dos Deputados prevê que a jornada de trabalho no regime de home office atenda às mesmas normas...

Proposta altera Orçamento de 2020 para cobrir gasto extra de R$ 3 bi do seguro-desemprego

O Poder Executivo enviou ao Congresso Nacional uma proposta para reforçar com quase R$ 3 bilhões os pagamentos de seguro-desemprego devido à pandemia da...

Justiça condena ex-prefeito do Amazonas por improbidade administrativa

A Justiça Federal condenou Joaquim Neto Cavalcante Monteiro, ex-prefeito de Eirunepé (AM), por improbidade administrativa. Segundo a Justiça, ele omitiu a prestação de contas...

Programa Dinheiro Direto na Escola libera R$ 525 milhões para educação

A educação brasileira deverá receber um incentivo de R$ 525 milhões nos próximos meses. O valor já havia sido anunciado em setembro, mas agora...