Visitas familiares serão retomadas nas unidades socioeducativas a partir de sábado (05)

A partir deste sábado (5), está autorizada a retomada das visitas familiares nas unidades do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases). A medida foi tomada tendo como base a estabilização da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo e o mapa de risco divulgado semanalmente pela Secretaria da Saúde (Sesa).

As visitas poderão ocorrer quinzenalmente por familiares, amigos e outros representantes da rede de apoio dos adolescentes, para as unidades socioeducativas localizadas em municípios classificados como risco moderado ou baixo. Também será levado em consideração a classificação de risco do município de origem (residência) do visitante para o agendamento da visita.

Será admitido apenas um visitante por adolescente, vedado o ingresso de pessoas classificadas como grupo de risco, em formulário a ser preenchido na entrada. O questionário também irá conferir as condições de saúde do visitante, e, caso haja suspeita de sintoma gripal, não será permitido o acesso.

Na portaria das unidades, o visitante autorizado passará por uma barreira sanitária, em que será aferida a temperatura e realizada a higienização das mãos e dos calçados

A visita terá a duração de duas horas e será realizada em locais amplos e arejados, que permitam o distanciamento. É obrigatório o uso de máscara por visitantes, adolescentes e servidores e as unidades estão autorizadas a adotar horários alternados para a visitação, a fim de evitar aglomerações.

Imediatamente após a visita, o adolescente será conduzido ao banho e à troca de máscara, antes de retornar às moradias e alojamentos.

Atividades religiosas

Trinta dias após a retomada das visitas familiares, as atividades presenciais religiosas também voltam a funcionar nas unidades localizadas em municípios classificados como risco baixo. Quinzenalmente, dois voluntários serão autorizados a ingressar nas unidades para conduzirem as atividades. Não será permitida a distribuição e compartilhamento de materiais.

Atividades externas nas unidades de semiliberdade

As unidades de semiliberdade localizadas em municípios classificados como risco baixo também estão autorizadas a retomar as atividades externas com os adolescentes, em ambientes abertos, como parques, praças e praias, mantendo o uso de máscaras, distanciamento social e orientações de higiene.

Fonte: Jhon Martins / redenoticiaes

Leia mais

Jovem conhecido como Bagda é morto com 5 tiros em Ecoporanga

Mais um homicídio foi registrado pela Polícia Militar de Ecoporanga, o crime aconteceu por volta das...

Pedindo o fim da pandemia, venecianos se reúnem em live

Para pedir o fim da pandemia do novo...

São Mateus registra sétima morte por Covid-19

Um paciente de 77 anos é a sétima...

Leia também

Motorista que aparece em vídeos fazendo manobra perigosa é filho da dona do carro

Homem tem 36 anos, mora com a mãe, está desempregado e recebendo auxílio emergencial. Imagens mostram o motorista fazendo a manobra conhecida como 'cavalo...

Capixaba viraliza na internet após fazer embaixadinha com pote de gel; veja o vídeo

Mateus é auxiliar de farmácia e foi flagrado pelas câmeras de videomonitoramento no momento em que "salvava" um pote de gel que caiu do...

Espírito Santo chega a 3.485 mortes e 118.218 curados com 128.265 casos confirmados de Covid-19

O Espírito Santo registrou, até esta quinta-feira (24), 3.485 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 128.265. O índice de letalidade...

Data dos desfiles do carnaval de Vitória será definida em reunião no próximo dia 15

"Os presidentes das escolas capixabas querem fazer carnaval, mas não sabemos se será em fevereiro ou se precisará ser em outra data", declarou o...