Violência de Israel põe Biden em situação difícil


Os bombardeios de Israel aos palestinos na Faixa de Gaza põem em questão a política de direitos humanos do presidente dos EUA, Joe Biden, ao mesmo tempo em que revela até que ponto a direita israelense ganhou poder, durante a presidência de Donald Trump, na Jerusalém Oriental ocupada.

A nova situação criada pelos bombardeios israelenses gerou batalhas maiores que podem envolver o governo Biden mais profundamente no conflito entre israelenses e palestinos, mesmo depois que os ânimos se acalmem, uma possibilidade que o governo Biden gostaria de evitar porque são outras as suas prioridades, comenta o UOL em reportagem sobre os reflexos que o conflito entre israelenses e palestinos poderão ter na política externa de Joe Biden.

(Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também