Violência contra a mulher é centro das atenções em evento da ONU


A violência contra a mulher estará no centro das atenções nesta quarta-feira (17), em evento que reunirá diversas mesas para encontrar os caminhos para enfrentar o problema, aumenta em meio à pandemia de Covid-19.

Os eventos dedicados à discussão do tema fazem parte da 65ª sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW).

Durante a manhã deste dia, haverá um diálogo virtual interativo para discutir como eliminar a violência contra a mulher na vida pública.

Haverá também consultas informais, conforme necessário, sobre as conclusões deste CSW, que teve início na última segunda-feira e será encerrado no dia 26 de março.

À tarde, será realizado o diálogo virtual interativo sob o tema ‘Construindo alianças para a participação plena e efetiva das mulheres na vida pública’.

De acordo com o secretário-geral da ONU, António Guterres, na sessão de abertura da CSW, o mundo regista agora um aumento da violência contra eles em meio à atual crise de saúde, desde o abuso sexual ao casamento infantil.

Ao mesmo tempo, observou ela, a pandemia destacou o grande poder da liderança das mulheres, ao mesmo tempo que expôs profundas desigualdades de gênero.

De acordo com dados das Nações Unidas, os países com mulheres no poder estão entre aqueles com menos mortes causadas pela Covid-19 e aqueles que estão se movendo mais rapidamente em direção à recuperação.

Devido à situação atual com a pandemia, a CSW está sendo realizada este ano em um formato que inclui algumas reuniões presenciais e muitas em plataformas digitais.

A principal questão a ser debatida é a participação das mulheres e a necessidade de sua participação plena e efetiva na tomada de decisões da vida pública, bem como a eliminação da violência para alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento das mulheres, informa a Prensa Latina.

(Foto: Mídia NINJA)

Leia mais

Leia também