Vila Pavão vai reajustar salários do magistério da rede municipal em 20%

Compartilhe

 

O prefeito de Vila Pavão, Uelikson Boone, o Bolinha, anunciou medida de adequação do piso salarial municipal ao piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica, em atendimento à proposta nacional instituída pelo Governo Federal dos recursos do FUNDEB.

A medida, com aumento de 20% ao atual vencimento básico, de acordo com o nível na carreira, foi apresentada para representantes da categoria do Magistério nesta terça-feira (12), em reunião entre a secretária de Educação, Kédima Boone Rodrigues, o secretário de Finanças, Valdeci Berger, a vereadora, Neusdete Rossini Moreira, representantes do Sindipúblicos e técnicos da Secretaria de Educação.

A decisão teve como base um estudo de impacto financeiro feito pelos técnicos das secretarias de Educação e de Finanças.

A assessoria técnica da Prefeitura está em fase de elaboração do Projeto de Lei Municipal específico, que será remetido à Câmara Municipal para apreciação. Se o reajuste for aprovado pelos vereadores, o percentual será inserido retroativo ao mês de janeiro de 2022, lançado na folha de pagamento no mês de maio.

A gestão municipal compreende que é fundamental a valorização profissional dos professores e que não poderia deixar de garantir o que é preconizado em Lei. “Gostaríamos de estar anunciando, também, um reajuste na mesma proporção para todos os servidores municipais, porém, o recurso que possibilitou o reajuste a esses profissionais é específico do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que só pode ser aplicado na educação”, justificou o prefeito.

Kédima Boone Rodrigues destacou que a educação de Vila Pavão está vivendo um momento histórico. “Em menos de dois anos, algumas conquistas importantes já são evidenciadas: o reajuste salarial de 20% para a categoria do magistério; a contratação de ASGs para as escolas multisseriadas; a entrega de um notebook para cada professor, pedagogo e diretor; e o recurso de RR$ 7,5 milhões para a construção da maior escola do município, a Emef Esther da Costa Santos. Estamos felizes por termos no Bolinha, um gestor que investe também na educação”.

Leia também

Capixaba Batata assina primeiro contrato profissional pelo Botafogo

O atacante capixaba João Henrique Zampier, conhecido como "Batata", assinou seu primeiro contrato profissional com o Botafogo, nesta...

Programa Agro Mais inicia atendimentos em Jaguaré

  A Secretaria Municipal de Agricultura da Prefeitura de Jaguaré já está em campo executando as solicitações de serviços...

Justiça do Rio arquiva processo de caso de supostas rachadinhas

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) rejeitou a denúncia do Ministério Público (MP) contra o...

PRF registra apreensão recorde de cocaína em 2021

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou uma apreensão recorde de cocaína nas rodovias federais em 2021. Foram 40...

Brasil discutirá maneiras de implementar mercado de crédito de carbono

O ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, fala hoje (17) sobre os desafios e estratégias de implementação do...

Copa Espírito Santo 2022: Estrela do Norte atropela o GEL na estreia e lidera o Grupo B

Após 14 anos sem disputar a Copa Espírito Santo 2022, o tricampeão Estrela do Norte está de volta....

Rubens Barrichello chega aos 50 na ativa e vê família perpetuar legado

Aos 50 anos, celebrados nesta segunda-feira (23), Rubens Barrichello continua acelerando. Não mais na Fórmula 1, maior categoria do automobilismo...

Homem é preso suspeito de assediar adolescente de 13 anos pelas redes sociais

Um homem de 28 anos foi preso suspeito de assediar um adolescente de 13 anos em Boa Esperança,...