Vila Pavão recebe kits de testes rápidos e materiais para combate ao coronavírus

O município de Vila Pavão recebeu na tarde desta terça-feira (15), equipamentos de proteção individual (EPIs) e materiais de higienização para reforçar o trabalho de enfrentamento ao coronavírus.

Os materiais foram encaminhados pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), para a Superintendência Regional de Saúde de São Mateus e lá retirados pelo município.

Foram contemplados com os materiais todos os 78 municípios capixabas. O investimento na aquisição dos produtos é de R$ 8.264.603,20.

Os equipamentos são luvas de procedimentos, aventais, gorro e óculos de proteção. Também serão distribuídos mais de 800 mil produtos, como álcool em gel, sabonete espuma, papel toalha e pastilha de cloro orgânico.

Vila Pavão teve direito a 100 galões de álcool etílico 70%, um pacote de touca desatável com 100 unidades, 100 óculos de proteção individual e uma caixa de kit de testes rápidos com 20 unidades.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Letícia Pianna, o álcool em gel será utilizado na limpeza de superfícies e na higienização de materiais nas unidades de saúde. Já as toucas e óculos, considerados EPIs, atenderão os profissionais de saúde nos procedimentos ambulatoriais. Os testes rápidos, inicialmente, serão destinados unicamente aos trabalhadores em serviço de saúde em atividade e pacientes com diagnostico de síndrome gripal.

Leia mais

Medida Provisória garante R$ 5 bilhões em crédito para setor de turismo

Crédito destinado aos prestadores turísticos ajudará empresas do setor em projetos, equipamentos e capital de giro até a retomada das atividades. Foto: Banco de...

Coronavírus: Nova Venécia chega a 48 confirmados

Subiu para 48 o número de casos confirmados...

Jovem é assassinado a tiros em São Gabriel da Palha

Na manhã desta terça-feira (08) um jovem foi assassinado a tiros na localidade de Cachoeira da Onça, em São Gabriel da Palha. A vítima foi...

Mulher é detida com grande quantidade de drogas e mais de R$ 2 mil em São Mateus

Ela disse aos policiais que o material seria de um traficante do município de Boa Esperança, no noroeste do Estado.

Leia também