Vila Pavão implanta sistema de preparo e distribuição de merenda escolar

A Secretaria Municipal de Educação está implantando um sistema de preparo e distribuição, visando melhorar a qualidade da merenda ofertada aos alunos das Escolas multisseriadas.

No inicio de maio, o prefeito Uelikson Boone, o Bolinha, se reuniu com o secretário municipal de Educação, Jorge Kuster Jacob e técnicos para discutir a viabilização de uma medida que atendesse a esta demanda específica, entendendo que esta é também uma questão de saúde pública nesses tempos de pandemia.

Desde o dia 24 de maio, quando iniciaram as aulas presenciais, a merenda escolar para os alunos das escolas multisseriadas vêm sendo preparada por uma profissional auxiliar de serviços gerais, sob orientação de uma nutricionista, em cozinha equipada na sede do município, exclusivamente para esta finalidade.

Depois de pronta, a merenda é devidamente acondicionada em recipientes e segue em caixas de isopor para ser entregue aos professores das 13 escolas multisseriadas, por motoristas em carros de pequeno porte.

A secretaria de Educação entende que não precisando mais preparar a merenda, as professoras destas escolas poderão dedicar mais atenção aos alunos e o só cumprimento dos protocolos sanitários e de prevenção à Covid-10 exigidos para as aulas presenciais.  O novo sistema beneficia 130 alunos, em media 10 por escola e 13 professores.

Bolinha lembra que para aprender melhor, o aluno precisa receber uma alimentação saudável, bem elaborada, preparada com cuidado e tempo, além da presença e atenção constantes  do professor. “Temos compromisso com a educação e vamos fazer todo esforço para melhorar a qualidade do ensino aos nossos alunos e as condições de trabalho para os servidores, de forma coerente com administração responsável”, afirmou o prefeito.

Por outro lado, o secretário Jorge Kuster Jacob pontua que  Bolinha conseguiu resolver uma reivindicação histórica dos professores das escolas multisseriadas que além de atender varias turmas diferentes na mesma sala, tinham ainda que dedicar uma parte do precioso tempo escolar aos afazeres da cozinha.

Para o secretário, esse projeto experimental da merenda escolar proposto pelo prefeito Bolinha tem o compromisso de melhorar as condições de trabalho destes professoras e certamente refletir em melhores resultados na aprendizagem dos alunos.

 


Leia mais

Leia também