Videoconferência: Seag e Incaper realizam capacitação sobre a cultura do abacaxi

Com o objetivo de ampliar a quantidade e a qualidade de frutas produzidas no território capixaba,  foi realizado pela Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), com o apoio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), uma capacitação, por videoconferência, como forma de otimizar e dinamizar as demandas do setor. O curso teve início nessa terça-feira (12) e terminou nesta sexta-feira (15).

O primeiro passo foi a elaboração do Planejamento Estadual de Fruticultura que conta com a uma Estrutura Analítica de Projeto (EAP) por cultura frutícola, desenvolvida pelo Escritório Local de Projetos, Processos e Inovação da Seag. Esse trabalho é realizado por grupos representativos de cada arranjo produtivo.

Após o levantamentos dos dados, foi constatado que a cultura do abacaxi é de grande relevância no Estado e foi eleita para ser a pioneira, contando com a abrangência em 24 municípios. E a integração com o Incaper é fundamental para a transferência de conhecimentos, tanto na pesquisa quanto na extensão rural.

“Importante passo para oxigenar o crescimento e fortalecimento do setor. Estamos investindo em assistência técnica, infraestrutura e firmando parcerias para que esse trabalho continue dando frutos para o Estado mesmo em meio a pandemia do novo Coronavírus. A fruticultura é muito importante para o Espírito Santo, as famílias rurais que vivem dessa atividade conseguem se manter, ter qualidade de vida e novas oportunidades no mercado”, salientou o secretário da Agricultura, Paulo Foletto.

O diretor-presidente do Incaper, Antônio Carlos Machado, também participou da abertura da capacitação. “Toda essa situação causada pela pandemia está fazendo com que a gente repense a maneira de fazer as coisas. Estamos nos reinventando, criando novas formas de dialogar com os diferentes públicos, que podem se tornar permanentes. Este curso, sendo realizando via conferência web, é a prova disso”, disse.

Temas como fisiologia, produção e propagação de mudas, manejo da cultura e tratos culturais, fitopatologia e manejo de pragas e doenças foram alguns dos assuntos abordados na capacitação. Os 30 técnicos do Incaper que participaram da capacitação atuam em municípios onde a cultura do abacaxi é bastante significativa.

“O curso já estava programado e, em função da pandemia, foi ajustado para a plataforma digital. Desta forma, conseguimos cumprir o cronograma e capacitar os colegas com uma equipe extremamente capacitada. O curso foi bastante aprofundado, ministrado pelos próprios colegas do Incaper. Pretendemos fazer outros cursos na área de fruticultura seguindo este modelo. Observamos que é plenamente viável”, avaliou Luiz Fernando Favaratto, pesquisador do Incaper e coordenador técnico de produção vegetal.

“Entendemos que esta modalidade inovadora de  capacitação está sendo muito positiva levando em consideração o retorno que os participantes estão dando e a abrangência da ação, que está ultrapassando 70% dos municípios envolvidos com a cultura do abacaxi. A tendência é estendermos esta modalidade de para as principais culturas frutícolas no Espírito Santo, principalmente durante os efeitos do desdobramento da pandemia do novo Coronavírus”, ressaltou o coordenador de projetos da Seag, Ederaldo Panceri Flegler.

Próximos passos

Como complemento do curso, será realizado assim que a mobilidade e os encontros grupais estiverem normalizados a parte prática que consiste em visitas técnicas com a participação dos produtores. “Com a avaliação positiva do curso voltado para a cultura do abacaxi, agora vamos focar na cultura do maracujá”, afirmou Flegler.

Sobre a cultura do abacaxi no Estado

No Espírito Santo, foram colhidos 2.429 hectares de abacaxi, com uma produção anual de 50.310 toneladas (2019). O fruto é cultivado principalmente nos municípios de Marataízes, Itapemirim e Presidente Kennedy, que são os maiores produtores.

Texto: Vanessa Capucho e Juliana Esteves

Leia mais

“Morra quem morrer”: prefeito causa polêmica ao anunciar reabertura do comércio; veja o vídeo

O prefeito de Itabuna, município localizado no sul do estado da Bahia, causou polêmica ao confirmar a data de reabertura do comércio da cidade para...

ECOPORANGA: bairro Benedita Monteiro se transforma em um canteiro de obras

O cotidiano dos moradores do bairro Benedita Monteiro, em Ecoporanga, foi modificado com a instalação de canteiros de obras. O bairro recebe, de uma...

Forças Armadas iniciam operações com Hospitais de Campanha

Área de Proteção e Cuidados está sendo montada em Boa Vista Foto: SD Alvarenga/MD Com a intenção de apoiar...

Hilda Possate, mãe do prefeito Brizola, de Águia Branca, completa 95 anos de idade

Brizola e a mãe Hilda Quem completou 95 anos de idade neste domingo, 12/07/2020, foi a senhora Hilda Possate, mãe do prefeito Brizola de Águia...

Leia também

Suspeito de estuprar e engravidar criança de 10 anos ainda não foi localizado

O homem suspeito de estuprar e engravidar uma criança de 10 anos em São Mateus, no Espírito Santo, ainda não foi localizado. Segundo a...

Empresas de rochas ornamentais estão otimistas com desempenho do setor em agosto

Desde o início da pandemia causada pelo novo coronavírus, o Sindirochas (Sindicato da Indústria de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado do Espírito...

Felino ameaçado de extinção invade propriedade em Marilândia e come várias galinhas

No último final de semana, militares da 2º Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), realizou o recolhimento de um felino, que integra a...

Polícia militar apreende armas, drogas e munições em Pinheiros

Na tarde desta terça-feira (11/08/2020), a Polícia Militar do Espírito Santo (2º Batalhão), aprendeu armas, drogas e munições, no município de Pinheiros. Uma pessoa...