“Família era muito querida na cidade”, diz prefeita após crime brutal em cidade do ES

A cidade de São Domingos do Norte, Noroeste do Espírito Santo, está em luto após o caso da família de Flávio Sandro Olmo, 42 anos. Ele matou a esposa, Eusivânia Marcelino de Souza, 40 anos, e os três filhos durante a madrugada desta terça-feira (15).

Em vídeo, a prefeita, Ana Izabel Malacarne Oliveira (DEM), lamentou o ocorrido e disse ainda que a prefeitura irá disponibilizar psicólogos e assistentes sociais para atender os familiares. Além disso, Ana Izabel destacou que a família era muito querida na cidade.

Nas redes sociais, Ana Izabel escreveu que a cidade está de luto.

“Que Deus conforte os corações dos amigos e familiares nesse momento de tanta dor”, disse na publicação.

Entenda o caso:

Um homem, identificado como Flávio Sandro Olmo, 42 anos, matou a esposa, Eusivânia Marcelino de Souza, 40 anos, e os três filhos durante a madrugada desta terça-feira (15), em São Domingos do Norte, Noroeste do Espírito Santo.

Os filhos do casal eram Laisla de Souza Olmo, uma jovem de 18 anos, e as crianças Ítalo de Souza Olmo, 8, e Anelise de Souza Olmo, 4.

De acordo com o delegado Rafael Caliman, titular da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, que está no local, após cometer o crime, Flávio tirou a própria vida.

As primeiras informações divulgadas pela polícia dão conta de que o homem esperou a família dormir e, depois, com uma marreta golpeou as vítimas na cabeça.

Os corpos foram encontrados em três quartos diferentes: as duas crianças em um quarto, numa beliche; e a mais velha em outro quarto sozinha. Já a esposa, estava na cama do casal.


Leia mais

Leia também