Vice-ministro da Defesa russo adverte que os países estão sendo atraídos a uma nova guerra fria


O general Alexánder Fomín, vice-ministro da Defesa da Rússia, afirmou que na atualidade é possível observar a formação de uma nova ordem mundial. Ao mesmo tempo, o militar adverte: “Vemos a tendência de arrastar os países para uma nova guerra fria, dividindo os Estados em ‘nós e outros’, enquanto esses outros são claramente definidos em documentos doutrinários como adversários”. 

Fomín destacou que atualmente “há uma destruição sistemática do sistema estabelecido de relações internacionais, da arquitetura de segurança”, ao mesmo tempo em que diminui “o papel das organizações internacionais como ferramentas para a tomada de decisões coletivas no campo da segurança”,  afirmou em entrevista publicada nesta sexta-feira na RT.

(Foto: Sputnik)