Vice-Governadoria assina acordo de cooperação técnica com Ifes para ações do Programa Agenda Mulher

Compartilhe

Foto: Itamar Freire/Vice-Governadoria

A vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, assinou, nessa quarta-feira (14), o Acordo de Cooperação técnica entre a Vice-Governadoria do Estado e o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) para o Programa Agenda Mulher Empreendedora. A assinatura aconteceu auditório do Centro de Referência em Formação e em Educação a Distância (Cefor), em Vitória. Na ocasião, também foram entregues diplomas de formatura das turmas da Corte de Love Lace dos municípios de Piúma e de Ecoporanga, além do lançamento da pesquisa estadual perfil da Empreendedora e Empreendedor.

O acordo visa a ampliar a integração de atividades e etapas que promovam oportunidades de capacitação para empreendedoras maiores de 18 anos, residentes e domiciliadas no Estado do Espírito Santo. O propósito é empoderar e dar visibilidade às mulheres, por meio do empreendedorismo. O trabalho será coordenado por 13 núcleos incubadores, em que a incubadora do Ifes, organizada em Rede, poderá levar o Agenda Mulher Empreendedora a atuar em todas as regiões do Espírito Santo, fortalecendo o desenvolvimento da inovação em municípios do interior do Estado, além da Grande Vitoria.

Assinaram o Convênio de Cooperação Técnica a vice-governadora Jacqueline Moraes e o reitor do Instituto Federal do Espirito Santo, Jadir José Pela. “Esse convênio aposta no avanço da inovação e na atuação de mais mulheres no setor, que será um diferencial para toda a sociedade. Nesse sentido, o papel das mulheres com sua sensibilidade e com o seu cuidado para com o próximo, é o de formar líderes engajados. Só assim, conseguiremos nos tornar um Estado inovador e desenvolvido, como deseja o governador Renato Casagrande, avançando também na questão da igualdade de gênero”, disse a vice-governadora.

O reitor do Ifes, Jadir Pela, por sua vez, reforçou que o Instituto busca oferecer múltiplas oportunidades na Educação Profissional e no ensino do empreendedorismo, seja pela formação em todos os níveis e em diversas modalidades, seja pelas ações de extensão, como as incubadoras e empresas juniores. “O curso Cortes de Lovelace é muito significativo, pois oferece capacitação em áreas como programação e robótica, conhecimentos com alta demanda de profissionais e muito relevantes para o futuro, priorizando as mulheres”, afirmou.

Também participaram do evento Elisângela Broeto, representando o Lodovico (Proex) e como Madrinha da Corte de Love Lace; Mariela Berguer, diretora do Cefor; Vanessa Batestin, coordenadora da UAB; Diemerson Saquetto e Marcela Paes, , do Campus do Ifes de Vila Velha; e Maranei Lopes, do Agenda Mulher Empreendedora.

Certificações

As 32 estudantes certificadas no evento foram da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Filomena Quitiba, do município de Piúma e da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Ecoporanga, da cidade de Ecoporanga. Elas participaram das oficinas presenciais realizadas nos polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), das localidades onde foram promovidas como ações do projeto Corte de Lovelace. A formação aconteceu por meio da ação “Moodle de Lovelace no Ensino Híbrido e On-line de Pensamento Computacional, Programação e Robótica: Uma Chamada de Meninas para a Computação”, realizada por meio do edital de apoio à iniciação tecnológica. O curso foi destinado para as meninas e mulheres de bairros carentes do Estado do Espírito Santo.

A realização do projeto foi da Secretaria da Educação (Sedu), em parceria com o Programa Agenda Mulher Empreendedora, o Programa Meninas Digitais da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e a Universidade Aberta do Brasil (UAB). O evento foi transmitido ao vivo pelo canal Cefor no Youtube, que pode ser acessado no link: https://www.youtube.com/c/CanalCeforIfes/featured

Lives de vendas para o Natal

Empreendedores de produtos e serviços receberam seus certificados de participação no curso para potencializar as vendas de Natal promovido pela Vice-Governadoria por meio do Programa Agenda Mulher Empreendedora, pelo Núcleo Incubador do Ifes de Vila Velha, Agência Desenvolvimento do Micro e pequenas empresas e do empreendedorismo (Aderes) e a Escola do Governo do Estado do Espírito Santo (Esesp).

Jacqueline Moraes ressaltou a importância de eventos como esse. “Precisamos proporcionar para os empreendedores a oportunidade de se capacitarem, por meio do desenvolvimento profissional e pessoal, adquirindo, assim, conhecimento para gerir seus negócios de forma eficiente. O período do Natal é uma época muito importante para o comércio e, com a orientação adequada, é possível melhorar as vendas”, pontuou

O curso gratuito aconteceu virtualmente pelo canal do Ifes no YouTube, campus Vila Velha, entre os dias 27 e 30 de setembro. O projeto teve o objetivo de auxiliar na organização e sustentabilidade dos pequenos negócios, capacitando empreendedores em relação a gerenciamento financeiro, marketing e divulgação.

No primeiro módulo sobre marketing digital, o curso contou com temas como: Instagram para negócios: desvendando o aplicativo, como planejar o conteúdo e destrave nos stories; e o programa Hora do Empreendedor, da Aderes, com a participação da Professora Luciana, Marcela e Stela.

Pesquisa Estadual perfil da empreendedora e empreendedor

A pesquisa realizada pelo Núcleo Incubador do Ifes Vila Velha e o Programa Agenda Mulher Empreendedora também foi apresentada durante o evento. O levantamento busca, diante do cenário de pandemia, de propor um diagnóstico atualizado para entender os impactos nos negócios em geral e na economia informal. Dessa forma, é possível fornecer o benefício de ofertas de qualificação, aprimoramento, formação com impacto social e políticas públicas voltadas para o empreendedorismo.

Os dados apurados sobre os empreendedores e empreendedoras foram divididos em categorias e mostram que:

IDADE – 71% tem entre 20 e 29 anos;
ESCOLARIDADE – 57,1% têm Ensino Superior incompleto;
RESIDÊNCIA – 85,7% moram na Grande Vitória;
RAMO DE ATIVIDADE – 87,7% serviços e 14,3% Indústria;
SEGMENTO DE NEGÓCIO – 57,1% Negócios de Impacto Social;
TEMPO DE MERCADO – 100% têm até 1 ano;
CNPJ – 85,7% não têm CNPJ;
CAPACITAÇÕES – 71,4% têm interesse em Marketing Digital.

Leia também

Brasil tem o primeiro plano nacional de políticas sobre o uso e o combate às drogas

O Brasil passa a contar, a partir de hoje, com o primeiro Plano Nacional de Políticas sobre Drogas...

ES: 42,7 mil pessoas se declaram homossexuais ou bissexuais, mostra pesquisa

No Espírito Santo, 42,7 mil pessoas se declaram homossexuais ou bissexuais. O número corresponde a 1,4% da população...

Espírito Santo lança editais para profissionais de saúde com salários de até R$ 15 mil; confira

O Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi) está com 208 vagas abertas para profissionais...

IMPOSTO DE RENDA 2022: Últimos dias para declaração; prazo vai até 31 de maio

<! para a última hora; sou extremamente desorganizada. Antes eu tinha uma contadora, mas ano passado eu fiz...

Morador de Barra de São Francisco é assassinado a tiros em Rondônia

Um homem identificado como Idolino Rocha, de 62 anos, foi assassinado a tiros em uma vila de apartamentos...

Prefeitura de Nova Venécia divulga Edital para contratação de supervisor escolar

  A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, divulgou Edital de processo seletivo simplificado...