Vice-governadora visita obras de ampliação da unidade oncológica do Hospital Evangélico de Vila Velha

Foto: Leandro Braga/Vice-Governadoria

As obras de ampliação da Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) estão a todo vapor no Hospital Evangélico de Vila Velha. Nessa quinta-feira (17), a unidade recebeu a visita da vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes. Estiveram presentes os gestores da Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense (Aebes), representada pelo presidente Rodrigo André Seidel, a superintendente Sirlene Motta de Carvalho e o diretor de Relações Institucionais, Ricardo Ewald.

Ao falar sobre a visita, a vice-governadora Jacqueline Moraes ressaltou a importância da ampliação da Unidade Oncológica do Hospital Evangélico de Vila Velha. “Acompanho essa luta há muito tempo por ter consciência de tratar-se de mais uma ação do Governo do Estado para ampliar a oferta de consultas, exames, cirurgias e internações na Grande Vitória. Com essa ampliação, será possível o hospital aumentar significativamente sua capacidade de atendimento em média e alta complexidades, conforme ouvi no relato dos médicos presentes”, disse.

“Essa visita expressa a importante parceria que temos com o Governo do Estado, fortalecida por meio de constante diálogo e transparência. Estamos empenhados na conclusão desse importante projeto de ampliação dos serviços oncológicos, uma iniciativa que refletirá em inúmeros benefícios para a sociedade capixaba”, ressalta Ricardo Ewald.

Os esforços estão direcionados para a conclusão da primeira fase da obra, prevista para acontecer em dezembro deste ano. A partir disso, o hospital já estará preparado para receber a demanda reprimida, podendo realizar 59 mil radioterapias, 21 mil quimioterapias e 21 mil consultas por ano.

Essa primeira etapa contemplará a sala de radioterapia, onde abrigará um Acelerador Linear, sala de quimioterapia, consultórios, salas administrativas e de apoio e local para a pesquisa clínica.

As obras da Unacon começaram em 2019, após repasse de R$ 12,5 milhões do Governo do Estado, visando a ampliar a prestação de serviço e atender à crescente demanda. Quando finalizadas todas as etapas, a unidade terá 9.475 metros quadrados.

Atualmente, a unidade é a única a ofertar um serviço de alta complexidade em oncologia no município de Vila Velha, reforçando a sua importância no atendimento humanizado, seguro e de qualidade para a população. De essência filantrópica, o hospital depende do apoio de doadores e instituições públicas e privadas para dar continuidade à missão de cuidar de quem mais precisa.

Sobre o Hospital Evangélico

Fundado em 1972, a história do Hospital Evangélico de Vila Velha começa anos antes, em 1956, quando começou a ser idealizado pelas igrejas Batista, Cristã Evangélica Casa de Oração, Evangélica de Confissão Luterana, Metodista, Presbiteriana do Brasil e Presbiteriana Unida, que compõem a Aebes. A unidade conta com uma equipe multidisciplinar e é referência em urgência e emergência cardiovascular e habilitado em alta complexidade nas especialidades: Cardiovascular, Oncologia, Nefrologia e Transplantes (rim, córnea, coração, ossos e tecidos), Oftalmologia, Bariátrica e Neurocirurgia. O Hospital Evangélico de Vila Velha foi o primeiro hospital filantrópico capixaba a conquistar a classificação máxima em gestão hospitalar: a certificação de excelência ONA nível 3.


Leia mais

Leia também