Vice-governadora se reúne com primeira oficial de Programas do Unicef para o Espírito Santo

A vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes, participou, nessa quarta-feira (17), de uma videoconferência com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para conhecer a primeira oficial de Programas do Unicef para o Espírito Santo. Trata-se da gaúcha Daniela Brun, que chegará ao Estado no próximo mês e atuará com o Programa Agenda Mulher, da Vice-Governadoria.

Ao designar a oficial de Programas como ponto focal residente no Estado, a Unicef poderá implementar, junto com a vice-governadora, diversos projetos com foco em meninas negras no Estado. A representante ficará alocada em Vitória.

A reunião teve a participação da equipe do Programa Agenda Mulher, além da coordenadora do Unicef no Sudeste, Luciana Phebo, da oficial de Desenvolvimento de Adolescentes do Unicef no Sudeste, Ana Carolina Fonseca, e da recém-designada oficial de Programas do Unifec para o Espírito Santo, Daniela Brum.

Com foco no desenvolvimento intelectual de crianças e adolescentes, a cooperação do Unicef junto ao Governo do Estado tem como objetivo a criação de projetos voltados à população mais vulnerável. Nos próximos dias será assinada a renovação do Memorando de Entendimentos, documento que visa à parceria nas ações do plano da educação básica, assim como o combate à evasão escolar e à falta de acesso à educação, e o trabalho de empoderamento de meninas e meninos em todo o Estado.

No encontro, a vice-governadora Jaqueline Moraes apresentou o Programa Agenda Mulher, que promove o desenvolvimento das mulheres capixabas, por meio do empreendedorismo e de ações educacionais. O Agenda Mulher trabalha temas da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU), que contempla 17 objetivos de desenvolvimento sustentável, como igualdade de gênero e empoderamento feminino.

Outro assunto debatido na reunião foi a divulgação dos trabalhos desenvolvidos no plano para a primeira infância, realizados por diversas secretarias, liderado pela Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades) e apresentado pela gerente de capacitação, articulação e mobilização, Eliete Rodrigues de Souza. Classificada como essencial, o Unicef considera a cooperação dos municípios uma importante ação para a promoção da intersetorialidade na educação. Considerou também como fundamentais os trabalhos realizados pela Setades.

Com a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e os decretos de estado de emergência em diversos países, o Unicef segue atuando em três eixos para determinar novas frentes de trabalho a serem realizadas. O primeiro eixo é a resposta à doença, focada em medidas preventivas. O segundo é o gerenciamento de planos para a continuidade de serviços essenciais, como os destinados a atender a crianças e adolescentes. A aplicabilidade do cronograma de vacinas, por exemplo, é uma das ações consideradas fundamentais. Por último, o terceiro eixo, trata-se da criação do chamado “novo normal” e os desafios devido ao Covid-19. Com isso, o programa do Unicef de empoderamento feminino vai chegar aos meninos, pela primeira vez.

Leia mais

Leia também