Venezuela apresenta queixa contra os EUA na OMC


O Governo da Venezuela processou os Estados Unidos perante a Organização Mundial do Comércio (OMC) pela imposição de medidas coercitivas unilaterais, no início de uma reunião na semana passada que acabou suspensa na sede da OMC, em Genebra.

Segundo a Telesur, pouco antes, o chanceler Jorge Arreaza havia informado que o país sul-americano exigia a retirada pelos EUA das sanções unilaterais, que violam os padrões do comércio internacional, e expressou a esse respeito que “mais cedo ou mais tarde, a Venezuela derrotará com a lei o que os Estados Unidos pretendem impor pela força.

As declarações de Arreaza surgiram sobre uma reunião mensal do órgão de resolução de controvérsias da OMC que acabou sendo cancelada, devido a desentendimentos entre os Estados Unidos e Venezuela sobre a inclusão na pauta do conflito comercial entre os dois países, informa o jornal cubano Granma.

Jorge Arreaza

Jorge Arreaza (Foto: REUTERS/Manaure Quintero)

Leia mais

Leia também