Veneciano com microcefalia ganha cadeira de rodas, mas precisa de reforma do banheiro para acessibilidade

» Guilherme é portador de microcefalia cerebral

Para quem acompanha a história do Guilherme Lopes Garcia, 18 anos e queira contribuir, o portador de microcefalia cerebral, que mora no bairro Altoé, necessita de doações de material de construção para a reforma do telhado que está desabando. O serviço de pedreiro será também necessário, para a obra não só da cobertura da casa, como também do banheiro.

A boa notícia é que o menino ganhou a cadeira de rodas especial para banho, que custa mais de R$ 2 mil reais, e o material de construção para a reforma do banheiro, após a divulgação da matéria da Rede Notícia na semana passada, que relatou as necessidades do garoto. Quem doou foi o ex-policial militar, Bruno Vieira da Silva, e alguns amigos. Agora é necessária a ajuda para a mão de obra do cômodo também, pois a porta do banheiro não dá espaço para a passagem da cadeira. “Estou muito feliz, parece um sonho, agora ele terá um conforto maior. Guilherme é um menino bonzinho e alegre”, diz a mãe do menino, a Cláudia Garcia Lopes.

Além do Guilherme, o casal possui mais quatro filhos. Cláudia é dona de casa e não tem como trabalhar, porque o menino tem necessidades de cuidados para qualquer atividade, inclusive para se alimentar, além de não andar, nem falar. Já o pai do garoto está desempregado.

Até o momento, a mãe do menino precisa dar banho com o Guilherme deitado no chão, já que o rapaz não sustenta o corpo sentado, devido as suas necessidades especiais. A cadeira de rodas que ganhou do ex-policial e amigos é reclinável, com cinto de segurança e adequada às suas necessidades.

A Campanha da Rede Notícia é para ajudar o Guilherme a ter melhor qualidade de vida e quem puder, pode ajudar com qualquer material de construção citado abaixo, fralda descartável G adulto, roupa de cama, ou ajuda para contratação de pedreiro. Informações através do telefone: 996336125 (mãe do Guilherme) ou no Jornal A Notícia 3752-2385. Conta para depósito: Caixa Econômica, Agência: 0556/ OP: 013/ Conta Poupança: 22361-7 (Carlos Eduardo Lopes).

Material de construção e pedreiro

– 24 caibros de 4 metros (também
duas peças de 11×7 com 4,5)
– 40 metros de ripa
– 2kg prego 19×36
– 2kg prego 16×21
– Pedreiro


Ex-policial doa cadeira de rodas de R$ 2 mil e material de construção

Sensibilizado com a história do Guilherme, o ex-policial militar de Nova Venécia, Bruno Vieira da Silva, fez questão de ajudar o menino e já comprou a cadeira de rodas especial de banho para o jovem. O equipamento, que custou mais de R$ 2 mil, está previsto para chegar até o próximo dia 03, e foi adquirido porque o Bruno e alguns amigos assumiram a responsabilidade de doar o equipamento. Além disso, a corrente do bem entre Bruno e os amigos resultou ainda, na compra de material de construção para a reforma do banheiro, necessária para a acessibilidade da cadeira de rodas. Além dos amigos do Bruno, a pedido dele, a Vieira Vidros também está ajudando na obra do cômodo.

Bruno mora atualmente nos Estados Unidos, e não mediu esforços para juntar o dinheiro entre amigos. O ex-policial atuava em Nova Venécia e está no País Norte americano há dois anos. “Patrulhei no bairro Altoé, minha avô mora lá, tenho primos lá, eu sei quem é bom lá ou não. Não fui criado no bairro, mas conheço os moradores e sei quem é do bem. A Cláudia (mãe do Guilherme) é uma pessoa boa. Tenho dois filhos, e por saber a necessidade de proporcionar o que é bom para os filhos, quero ajudar a quem necessita sempre. Agora falta a mão de obra para pagar”, fala.

“Patrulhei no bairro Altoé e sei quem são os moradores. Conheço a família do Guilherme, são pessoas boas, são do bem”. A Cláudia (mãe do Guilherme) é uma pessoa boa”

Bruno Vieira da Silva, ex-policial militar

Bruno, ou melhor, soldado Vieira, como era conhecido na cidade, fez questão de declarar na entrevista, que é apaixonado pela profissão de militar, mas que optou em ir embora. “Saí pela porta da frente na carreira de militar, sou apaixonado pela polícia, não tem um dia que não lembro dela, fui um bom policial, graças a Deus. Só vim embora porque não dava mais para continuar na profissão, mas sem dúvida é minha paixão. Daqui eu ajudo outras pessoas nessas campanhas solidárias também, e vou continuar fazendo isso”, fala.

Ao ato de solidariedade do ex-policial, a Rede Notícia agradece e aplaude. Parabéns Bruno e amigos, o mundo precisa de pessoas assim!

» Ex-policial militar de Nova Venécia, Bruno Vieira da Silva, doou cadeira e material de construção para o banheiro

Fonte: Cintia Zache / redenoticiaes

Leia mais

Adolescente é apreendido com crack pela Força Tática em Nova Venécia

Equipes da Força Tática e K-9 apreenderam um...

Adolescentes participam de audiência por videoconferência

Dois adolescentes da Unidade de Internação Provisória Norte (Unip Norte), em Linhares, participaram de audiências judiciais...

Alunos da rede estadual no Espírito Santo estão de recesso antecipado a partir desta segunda (23)

As escolas da Rede Estadual de Ensino estão a partir desta segunda-feira (23), a princípio por 15 dias, de recesso, como forma de prevenção...

Homem é detido após tentar agredir motorista de ônibus com faca em São Gabriel da Palha

Foto ilustrativaNa tarde desta segunda-feira (18), Militares da...

Leia também

Espírito Santo: aposentado morre após ser atacado por abelhas

Ataque do enxame aconteceu no quintal da casa de José Salvador, de 57 anos.   Um homem de 57 anos morreu após ser atacado por abelhas...

Richarlison é eleito o melhor do Everton na temporada passada e recebe o prêmio de Neymar

O atacante Richarlison foi eleito o melhor jogador do Everton na última temporada, depois da votação dos torcedores do clube inglês nas últimas semanas....