Venecianas produzem máscaras para doação

Compartilhe

» Cirlene e Betânia estão produzindo as máscaras, que também estão sendo doadas para o Hospital Dr. Roberto Arnizaut Silvares

Iniciativa começou com objetivo de fornecer a proteção para pacientes que utilizam o ônibus da prefeitura, que necessitam de tratamento na Grande Vitória


As venecianas Cirlene Mazarini e Betânia Vieira estão dando um exemplo de solidariedade durante a pandemia do coronavírus. As duas já produziram mais de 200 máscaras de tecido duplo, sendo todas já doadas para pacientes e pessoas do grupo de risco da cidade.
De acordo com a autora do projeto, a Cirlene, a ideia começou depois que a servidora pública estava em oração em sua casa. “Senti a vontade de ajudar, isso veio em meu coração. A partir dessa hora resolvi que eu poderia fazer mais pelas pessoas”, diz.

De início o material começou a ser fabricado para paciente de Nova Venécia, que utilizam o ônibus da Prefeitura, para realizar tratamento em Vitória. “A demanda aumentou, e muita gente que fazia ouros tratamentos, vieram à minha casa pedir, por isso, resolvi abrir o leque e fornecer a máscara para pacientes de um modo geral”, fala.

A dupla já fabricou peças para o Hospital Dr Roberto Arnizaut Silvares, em média 65 unidades, com algumas peças ainda em época de confecção. Ainda, doadores de sangue do município que foram a Colatina, através da ONG Voluntários do Bem, também receberam máscaras. Agora, mais 40 unidades estão sendo preparadas para o Hospital Infantil, em Vitória.

Cirlene está afastada do emprego para tratamento e realização de cirurgias nos pés, mas pelo jeito, suas mãos estão sendo a solidariedade que muita gente precisa, tudo com a ajuda da amiga e vizinha, a Betânia. “O trabalho começa cedo, às 7h da manhã e só paramos perto das 21h. Estamos empenhadas e dedicadas em ajudar nessa pandemia, está valendo a pena poder fazer o bem. Lembramos que as máscaras são laváveis, sendo reutilizadas após secar”, explica.

Grande parte de tecido para fabricação das unidades foi doado por moradores venecianos, que também se solidarizaram com a causa. Quem tiver tecido em casa que queira doar, e pacientes ou pessoas do grupo de risco ao coronavírus que precise de uma máscara, entrar em contato com a Cirlene, através do telefone: 99879-9600.

» Máscaras para crianças serão enviadas para o Hospital Infantil, em Vitória

Leia também

Saiba como funcionará o ossuário no cemitério de Barra de São Francisco

O prefeito Enivaldo dos Anjos anunciou nesta quarta-feira, 11, que o cemitério municipal no bairro Irmãos Fernandes deverá...

Vem aí o Arraiá do Vicente, no bairro Campo Novo, com várias atrações

Está programado para o dia 04 de junho de 2022, as 17h0min, o XXII Arraiá do Vicente, na...

‘É um sentimento de muito amor, de sonhar e não desistir’, diz brasileira que teve filho em barriga de aluguel na Ucrânia

Por Álvaro Guaresqui e Mário Bonella, g1 ES e TV Gazeta. A brasileira que teve o filho gerado uma...

Com jeito acessível, Neymar vira líder e conselheiro dos novatos da seleção

SÃO PAULO, SP, E RIO DE JANEIRO, RJ (UOL-FOLHAPRESS) - Quando os jogadores da seleção brasileira estão reunidos...

Pesquisa e Ater do Incaper desenvolvem projeto de seleção de cultivares de café arábica

Cultivares de café arábica estão sendo avaliadas por meio de um projeto do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência...

Boa Esperança recebe escavadeira hidráulica

  A prefeita de Boa Esperança, Fernanda Milanese, o vice-prefeito, Leandro Cardoso, e o vereador, Maicon Gomes, estiveram com...