Vendas crescem em julho, segundo IBGE

Vendas crescem em julho, segundo IBGE

O comércio varejista cresceu 5,2% em julho, maior resultado para o mês desde o início da série histórica em 2000. Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

Em julho de 2020, o volume de vendas do comércio varejista nacional cresceu 5,2% frente a junho, na série com ajuste sazonal. Este é o maior resultado para o mês de julho da série histórica, iniciada em 2000, e a terceira alta seguida no ano. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio divulgada nesta quinta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O gerente da Pesquisa Mensal do Comércio do IBGE, Cristiano Santos, destacou a trajetória contínua do crescimento. “A pesquisa, na passagem de junho para julho de 2020, teve um aumento de 5,2%. Esse foi o terceiro mês consecutivo de aumento”, disse. “Esse aumento foi generalizado, foi em sete das oito atividades pesquisada e a única exceção foi o segmento de hiper e supermercados que teve estabilidade”, explicou.

Em junho deste ano, a alta no volume de vendas do comércio varejista nacional foi de 8,5% e, em maio, de 13,3%. Com isso, a média móvel trimestral cresceu 8,7% no trimestre encerrado em julho. Já o acumulado nos últimos 12 meses foi 0,2%.

No comércio varejista ampliado, que inclui veículos, motos, peças e de material de construção, o volume de vendas cresceu 7,2% em relação a junho. Em relação a julho de 2019, o varejo ampliado cresceu 1,6%, interrompendo a sequência de quatro meses em queda.

O volume de vendas do comércio varejista ampliado, frente a julho de 2019, mostrou avanço de 1,6%, interrompendo sequência de quatro meses em queda.

Atividades

Em julho de 2020, apenas as atividades de hiper e supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo não registraram alta, ficando estável em relação a junho. Nos demais setores, predominam as taxas positivas, atingindo sete das oito atividades pesquisadas.

Livros, jornais, revistas e papelaria tiveram a maior alta (26,1%), seguida por tecidos, vestuário e calçados (25,2%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (11,4%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (7,1%), combustíveis e lubrificantes (6,2%), outros artigos de uso pessoal e doméstico (5,0%) e móveis e eletrodomésticos (4,5%).

Redução do impacto da Covid-19 no faturamento

O impacto causado pela Covid-19 no comércio vem reduzindo, segundo o IBGE pelo terceiro mês seguido. Do total de empresas entrevistadas, 8,1% relataram impacto em suas receitas em julho por conta das medidas de isolamento social. Isso é 4,1 pontos percentuais abaixo do número de junho e 20 pontos percentuais abaixo do maior impacto registrado na pandemia que foi de 28,1% em abril.

“Os dados de junho já tinham sido suficientes para recuperar os níveis das séries do comércio brasileiro aos níveis pré-pandemia, de fevereiro, então em junho, para série como um todo, já estávamos 0,1% acima do nível de fevereiro e quando entra julho esse número vai a 5,3%”, explicou Cristiano Santos.

Leia mais

Mais de 20 mil cestas e kits de higiene são entregues a 208 asilos

Instituiçãode Cansanção (BA) é uma das beneficiadas Foto: Associação Humana Povo Para Povo Brasil/Divulgação A Campanha Solidarize-se, do Ministério da Mulher, da Família e dos...

Programa AlimentarES: Live aborda alimentação saudável e sustentável advinda da Agricultura Familiar

A importância de uma alimentação saudável e sustentável a partir de alimentos fornecidos pelos agricultores familiares do Espírito Santo foi o tema de mais...

Ladrões invadem mercado no centro de Barra de São Francisco

A Policia Militar registrou um boletim de ocorrência de arrombamento no supermercado HORTY PORTY,  na noite de domingo, 22 de março de 2020, no...

Municípios e DF devem receber R$ 260 mi para reforçar atendimento à gestantes e puérperas

Os municípios e o Distrito Federal vão receber cerca de R$ 260 milhões do Ministério da Saúde para investir em Ações de Apoio à...

Leia também

PL que institui programa de recuperação tributária aguarda parecer na Câmara desde junho

Com a promessa de preservar negócios e manter emprego e renda no atual cenário econômico, o projeto de lei que institui o Programa Extraordinário...

CNI e especialistas voltam a defender reforma tributária ampla e geral e criticam “nova CPMF”

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) voltou a defender, nessa quarta-feira (30), uma reforma tributária com imposto único e sem aumento de carga tributária....

Equipe de robótica do Rio de Janeiro desenvolve mecanismo que possibilita abertura de portas sem o uso das mãos

Uma equipe de robótica composta por sete alunos do ensino médio do colégio Franco Brasileiro, no Rio de Janeiro, foi premiada no Torneio SESI...

Sistema de desinfecção de táxis e transportes por aplicativo rende premiação a escola de Sergipe em torneio nacional de robótica

A fácil infecção pelo coronavírus através do ar ou simples contato com superfícies contaminadas afastou a população de táxis e transportes por aplicativo e...