Veado reabilitado é solto no Parque Estadual do Forno Grande

O Parque Estadual do Forno Grande, em Castelo, recebeu um novo morador: um veado catingueiro (Mazama gouazoubira). O animal foi solto na Unidade de Conservação (UC), nessa quinta-feira (08), após ser avaliado, tratado e medicado no Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetras) do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), em Cariacica.

O veado foi resgatado na região próxima aonde foi solto, após ser atacado por um cachorro, na quarta-feira (07). “Os animais desta espécie apresentam miopatia de captura, ou seja, podem vir a óbito por estresse. Como este animal já era adulto e com nenhum contato com o ser humano, seu óbito poderia ocorrer por conta do estresse de estar em cativeiro. Por isso, foi rapidamente triado, tratado e como já tinha condições de voltar à natureza, a soltura foi realizada no dia seguinte”, explicou a servidora do Iema, Maria Beatriz Resende, que atua na Coordenação de Fauna.

Segundo a equipe do Instituto de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos (Ipram), que operacionaliza o Cetras do Iema, o veado apresentava lacerações em região pélvica. Por estar estressado, precisou ser mantido sob sedação durante os procedimentos veterinários. O animal fez exames de imagem, que não encontraram sinais de fratura nem lesões em tecidos moles. E então, medicado e com alta clínica, o veado foi devolvido ao ambiente natural.


Leia mais

Leia também