Vacinação contra sarampo para público de 20 a 49 anos vai até dia 31 de agosto

Em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o Brasil tem registrado também um aumento de casos de sarampo em seu território no primeiro semestre deste ano. Foram mais de 4.900 casos confirmados e cinco óbitos nos últimos seis meses. Diante desse cenário, o Ministério da Saúde prorrogou a vacinação indiscriminada contra o sarampo para o público de 20 a 49 anos até o dia 31 de agosto deste ano.

Embora no Espírito Santo não haja casos confirmados há quase um ano, os três estados que fazem divisa somam 1.203 casos e um óbito: Rio de Janeiro (1.185 casos e um óbito), Minas Gerais (12 casos); e Bahia (6 casos).

A Secretaria da Saúde (Sesa) registrou, até o sábado, 4, um total de 24 notificações de casos suspeitos de sarampo no Espírito Santo no ano de 2020. Desses, 23 casos foram descartados e um segue em investigação.

Para a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo, é importante que a população capixaba verifique sua situação vacinal com relação ao sarampo, uma vez que a vacina é a única forma de prevenção. “A realização da vacinação e a adesão do público são essenciais, pois assim garantimos a devida proteção das pessoas contra o sarampo e possibilitamos a interrupção da circulação do vírus no país”, disse.

A imunização está ocorrendo nas 493 salas de vacinação dos 78 municípios do Estado e também faz parte do calendário oficial do Ministério da Saúde.

Deve ser aplicada uma dose de vacina tríplice viral aos 12 meses de idade e uma dose de vacina tetra viral aos 15 meses de idade. Além disso, continua sendo administrada a dose zero da tríplice viral em crianças de 6 a 11 meses de vida devido ao risco epidemiológico do sarampo.

Os indivíduos de 1 a 19 anos devem ter duas doses de vacina com o componente sarampo e rubéola. Para aqueles de 20 a 49 anos deve ser dada uma dose extra da vacina com o componente sarampo e rubéola, caso não tenham cartão de vacinação ou a última dose comprovada seja anterior a 23 de março de 2020. E aqueles de 50 a 59 anos de idade devem ter, pelo menos, uma dose da vacina contendo o componente sarampo. Os trabalhadores da Saúde devem receber duas doses da vacina tríplice viral, independentemente da idade.

Surto de sarampo em SP deixa o ES em alerta; veja quem deve se vacinar

Vacina tríplice viral protege contra o sarampo (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Leia mais

Motociclista morre em acidente na rodovia que liga Barra de São Francisco a Água Doce do Norte

Um motociclista morreu após sofrer um acidente por volta das 18h desta sexta-feira, dia 24, em Barra de São Francisco. Segundo o Corpo de Bombeiros,...

Espírito Santo terá direito a R$ 60 milhões da Lei Aldir Blanc

Destinada aos trabalhadores da cultura e visando a diminuir o impacto da Covid-19 no setor, a Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei 14.017/2020), proposta...

Sedes destaca oportunidades e investimentos no Estado durante videoconferência com a OAB/ES

Representando a Secretaria de Desenvolvimento (Sedes), o secretário de Estado, Marcos Kneip, e a subsecretária de...

Leia também

Auxílio de R$600: Governo REVELA quais cadastros estão sob suspeita

O Ministério da Cidadania fez uma parceria com...

Novo decreto uniformiza prazos de medidas para enfrentamento de emergências em Barra de São Francisco

DECRETO Nº 247 - DE 03 DE AGOSTO/2020: UNIFORMIZA OS PRAZOS E LIMITAÇÕES DAS MEDIDAS PARA ENFRENTAMENTO DA EMERGÊNCIA DE SAÚDE PÚBLICA E DÁ OUTRAS...

Dono de ferro-velho encontra granada no meio de sucata e aciona a polícia no Espírito Santo

A Polícia Militar foi acionada pelo proprietário de um ferro-velho, localizado em Boa Vista I, em Vila Velha, na Grande Vitória, que relatou ter...

PRF apreende submetralhadora de fabricação caseira dentro de ônibus no Norte do ES

Armas e drogas estavam nas malas de três pessoas. Entre elas, uma adolescente de 16 anos. Por Luiz Zardini, G1 ES e TV Gazeta Uma submetralhadora...