Vacina de Oxford contra a Covid-19 começa a ser aplicada no Espírito Santo

 

A vacina de Oxford contra a Covid-19 começou a ser aplicada no Espírito Santo na manhã desta segunda-feira (25).

A vacinação começou na unidade de saúde de São Francisco, em Cariacica, com a presença do governador Renato Casagrande (PSB) e do secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes.

O estado recebeu 35,5 mil doses da vacina na manhã deste domingo (24). De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), elas serão utilizadas para contemplar cerca de 33.858 trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

Na última quarta (20) o Ministério da Saúde atualizou a população total de trabalhadores da saúde que deverão ser vacinados da Fase 1 da Campanha de Vacinação. No ES, esse público representa 124.416 pessoas. Parte dele já está recebendo as doses da CoronaVac que chegaram ao estado na última segunda-feira (18).

De acordo com o secretário Nésio Fernandes, com a remessa da AstraZeneca, a porcentagem de trabalhadores da saúde imunizados no Espírito Santo deve chegar a 70%.

“Esse lote de vacina irá incorporar a vacinação dos grupos que já foram definidos. Estamos praticamente concluindo todas as ILPIs (Instituições de Longa Permanência de Idosos) do Espírito Santo, a população indígena, e iremos alcançar mais de 70% dos trabalhadores da saúde com o lote que chegou no dia de hoje”, disse.

A segunda dose desse imunizante, que pode ser aplicado com um intervalo de até 12 semanas, ainda será enviado ao estado.

“A vacina da AstraZeneca apresentou resultado satisfatório – acima de 70% – com intervalo de doses de até 12 semanas. Dessa maneira, todas as doses que chegaram poderão ser aplicadas como dose única inicial a todos os pacientes. E o Ministério da Saúde garantiu que em 12 semanas receberemos mais doses para realizar a dose de reforço em quem receberá agora a primeira dose da AstraZeneca”.

Este é o segundo lote de vacinas contra a Covid-19 que chega ao Espírito Santo. Na última semana, o estado recebeu 101.320 mil doses da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, estabelecendo cerca de 48 mil pessoas como população-alvo desta fase inicial de vacinação.

Foram priorizados trabalhadores da saúde; pessoas maiores de 60 anos residentes em instituições de longa permanência; pessoas maiores de 18 anos com deficiência residentes em residências inclusivas e indígenas aldeados, em conformidade com os cenários de disponibilidade da vacina.

De acordo com as informações mais recentes da Sesa, até 15h de sexta (22), quase 10 mil pessoas já haviam sido vacinadas.

Segundo o IBGE, o Espírito Santo possuía uma população estimada, em 2020, de 4.064.052 pessoas.

Leia mais

Leia também