Vacina contra a Covid-19 começa a ser testada em voluntários de cinco estados e do DF

O Instituto Butantan deu início ao cadastro dos profissionais de saúde interessados em participar da terceira de testes da vacina contra a Covid-19 que está em desenvolvimento na unidade. A vacina é produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech. A aplicação da vacina em voluntários deve ter início na próxima segunda-feira (20). Ao todo, 12 centros de pesquisa, localizados em cinco estados e no Distrito Federal, serão responsáveis pelo monitoramento e recrutamento dos participantes da pesquisa. 

A inscrição dos profissionais de saúde interessados em receber a vacina foi aberta no começo da semana, por meio de uma plataforma virtual criada pelo Butantan.  Após registro no site, os interessados devem procurar algum centro de pesquisa envolvido no estudo, que estão presentes nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná, além do DF. Cerca de nove mil trabalhadores que atuam na linha de frente da pandemia devem participar dessa fase do estudo. 

Nesta etapa da pesquisa, o Instituto Butantan verificará a eficácia, segurança e o potencial da vacina, intitulada CoronaVac, na produção de anticorpos contra a Covid-19. O cadastro dos voluntários ocorre menos de uma semana após a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) aprovar a realização dos testes da vacina no país. As duas primeiras fases da pesquisa, realizadas em voluntários na China, apresentaram bons resultados e 90% das pessoas que a receberam, desenvolveram anticorpos capazes de neutralizar a Covid-19. A vacina é fabricada com vírus morto, mesma tecnologia utilizada na vacina contra gripe, por exemplo. 

Pesquisadores brasileiros entram no páreo para a produção de vacina contra a Covid-19

Saúde cria força-tarefa para aprimorar aquisição e distribuição de insumos

Segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, o grande diferencial da CoronaVac, em relação a outras vacinas em desenvolvimento, é o fato dela induzir uma resposta imune mais eficaz contra a infecção da Covid-19. 

“Essa é uma vacina mais completa do que aquelas que induzem apenas a produção de anticorpos, isso explica o nosso entusiasmo a respeito da parceria feita com a Sinovac”, explica. 

A Universidade de São Paulo (USP) é uma das instituições que integram a pesquisa. Esper Kallás, epidemiologista e professor na Faculdade de Medicina da universidade afirma que um dos motivos do Brasil integrar a terceira etapa de pesquisas da vacina é o fato do país possuir uma alta quantidade de casos da doença. 

“É uma satisfação enorme que o país tenha esse grande número de pesquisadores envolvidos em vários estudos para a vacina da Covid-19. Infelizmente, o Brasil está sendo colocado na fase 3 da pesquisa pela situação epidêmica”, disse o pesquisador. 

Expectativa

O desenvolvimento da CoronaVac foi anunciado há pouco mais de um mês pelo governo de São Paulo. Caso esta etapa da pesquisa seja bem sucedida o Butantan estima que a vacina possa estar disponível no mercado até meados de 2021. Todos os participantes do estudo terão o nome em sigilo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que, atualmente, existem mais 160 vacinas contra o novo coronavírus em estudo, sendo que 23 já estão na fase de testes clínicos. 
 

Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Leia mais

Deputado pede que PGE desista de ação contra parlamentares que visitaram Dório Silva

Deputado Enivaldo dos AnjosO deputado Enivaldo dos Anjos...

DIVERSÃO EM PAUTA: “It: Capítulo 2” vai além do terror e explora o sentimento de amizade

O Clube dos Otários está de volta. Desta vez, 27 anos após derrotarem o assustador palhaço Pennywise pela primeira vez. Em “It: Capítulo 2”,...

Grande Vitória tem 4º ônibus incendiado por criminosos em julho

Ataque ao ônibus da linha 516 aconteceu na noite desta quinta-feira (30) na Serra. Por Maíra Mendonça, G1 ES   Mais um ônibus foi destruído por criminosos...

Leia também

Acolumbre e Maia reafirmam compromisso com teto de gastos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, reafirmaram compromisso do dois Poderes...

Receita retém do FPM obrigações correntes e devedoras não pagas da competência junho

A Receita Federal reteve do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), nesta semana, as parcelas de obrigações correntes e obrigações devedoras não recolhidas da...

MDR estabelece critérios para criação de Polos de Agricultura Irrigada

O governo federal, por meio de portaria publicada nessa quarta-feira (12), estabeleceu critérios para a criação de Polos de Agricultura Irrigada como parte das...

Auxílio de R$600: Governo confirma quais CADASTROS estão com suspeita

O Ministério da Cidadania fez uma parceria com o Ministério...