Usuários do Himaba recebem orientações sobre cuidados com os rins

Quem passou pelo pronto-socorro e ambulatório do Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, na manhã desta sexta-feira (13), recebeu orientações sobre como prevenir doenças renais. A abordagem fez parte da Semana Estadual do Rim, de acordo com a Lei Estadual 10.375, e foi organizada pelo Grupo de Trabalho de Humanização.

A ação de conscientização contou com a participação de estudantes de Nutrição, que ajudaram a distribuir panfletos com dicas de como identificar possíveis sinais de doenças nos rins e orientações para prevenir futuros problemas.

A infecção urinária, por exemplo, pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário, como rins, bexiga, uretra e ureteres, sendo mais comum em mulheres entre 20 e 40 anos e grávidas. No caso dos homens, a doença é mais frequente na infância ou após os 55 anos. Entre os fatores que podem levar a uma infecção urinária estão: segurar a urina por muito tempo, a obesidade, intestino preso, cálculos renais e doenças de próstata.

A dona de casa Maria Eunice Teixeira gostou de receber as orientações. “Eu nem sabia que doença nos rins podia ter essas causas que eles falaram. Vou ficar mais atenta e tomar mais cuidado. Na correria a gente nem presta atenção nessas coisas e quando vê já está doente”, falou.

É preciso diagnosticar e tratar precocemente para se evitar uma progressão para uma Doença Renal Crônica (DRC). Através do exame de creatinina no sangue, é possível avaliar o funcionamento dos rins, já que a substância é produzida normalmente pelo corpo e eliminada na urina, e vai acumular no sangue caso os rins não consigam eliminá-la.

É importante ficar atento a sintomas como dor ao urinar, necessidade de urinar com muita frequência, eliminação de urina escura ou com presença de sangue, por exemplo.

A coordenadora de Nutrição Clínica do Himaba, Heloisi Passos, explicou durante a abordagem as recomendações para a prevenção de doença renal. “Prática de exercício físico, evitar os excessos de sal, carne vermelha e gordura, fazer o controle do próprio peso, controles da hipertensão, índice glicêmico e colesterol e evitar bebida alcoólica. É essencial beber uma quantidade de água adequada para cada pessoa. A recomendação geral é consumir cerca de dois litros/dia, mas o médico consegue calcular de forma individualizada quanto é necessário”, afirmou.

O Himaba

Mantido pelo Governo do Estado, o Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, é administrado desde o dia 6 de novembro de 2019, pelo Instituto Gnosis, por meio de um contrato de gestão firmado com a Secretaria da Saúde (Sesa).

 

Leia mais

Leia também