Universidade Tecnológica do Paraná desenvolve respirador de baixo custo

UTFPR desenvolve respirador de baixo custo para ajudar no combate à covid-19

Grupo de Ponta Grossa apresenta o protótipo desenvolvido.
– Foto:
UTFPR

Um respirador artificial desenvolvido com motor de limpador de para-brisas é uma das invenções de pesquisadores na luta contra a Covid-19. O aparelho de baixo custo foi criado por alunos e professores da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) após uma empresa montadora de caminhões ter doado a peça. Em menos de um mês, um protótipo de ventilador mecânico já estava pronto.

A equipe responsável pela novidade é do Campus de Ponta Grossa (PR) e integra o grupo Collab Air, formado por alunos de engenharia elétrica, engenharia mecânica e ciência da Computação. A coordenação da pesquisa é dos orientadores Joaquim Mira e Frederic Conrad, com a colaboração de Paula Motta, fisioterapeuta especialista em terapia intensiva e fisioterapia respiratória.

O protótipo, chamado Air One, foi lançado no dia 28 de abril e desde então recebeu a colaboração da comunidade externa, doações de empresas, além do apoio do Ministério Público Federal e da Justiça Federal, em Ponta Grossa (PR). Os recursos já somam R$ 38,6 mil.

Durante a demonstração, os docentes destacaram como o aparelho pode ajudar no tratamento de possíveis pacientes com síndromes respiratórias, especialmente em casos específicos de Covid-19. Os estudiosos destacaram também que o equipamento pode servir como base para outras criações no mundo.

Protótipo de respirador. Foto: UTFPR

De acordo com o professor Joaquim Mira, todos os membros da equipe aceitaram a proposta de imediato e se juntaram à causa. “Tínhamos uma única motivação: ajudar ao próximo e fazer o bem, num momento difícil de pandemia”, explicou. Ele ressalta que foi necessário unir conhecimentos de várias áreas, incluindo uma especialista na parte clínica e hospitalar.

Na próxima fase do projeto serão construídos mais protótipos para a realização de testes (eletroeletrônicos, mecânicos, clínicos etc.) e validação clínica. Após essa fase, a próxima será a homologação pelos órgãos e autoridades competentes. Assim que for concluída essa etapa, será iniciada a produção dos ventiladores mecânicos para uso em hospitais.

Aqueles que também tiverem a possibilidade de colaborar com o projeto, podem entrar em contato com a equipe Collab pelo e-mail mira@utfpr.edu.br

 

Leia mais

Governo decreta Estado de Emergência em Saúde Pública no Espírito Santo

O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial, desta segunda-feira (16), o Decreto nº 4593-R, que...

“Minha filha de três anos salvou a vida dela e de minha esposa”, diz proprietário de imóvel que pegou fogo

» Juliano agradeceu às pessoas que estão fazendo as doações O proprietário do imóvel localizado no bairro Padre Gianne, em Nova Venécia, que pegou fogo...

Saúde distribui 100 respiradores para quatro estados

O respiradores são usados no tratamento de pacientes que apresentam dificuldades respiratórias, uma das características dos casos graves...

Parque Estadual de Itaúnas está fechado para visitação e turismo

O Parque Estadual de Itaúnas (PEI), localizado no...

Leia também

Consórcio bancário garante investimento de R$ 40 milhões na cadeia produtiva de petróleo e gás no Estado

O Espírito Santo, terceiro maior produtor de petróleo no...

Rússia conclui testes e quer distribuir vacina contra a covid-19 em agosto

A Rússia está mais perto de se tornar...

Após pisar em uma mulher em SP, PMs são afastados da função

Os policiais que aparecem nas imagens pisando e...

Os caminhos para trabalhar ou fornecer serviços na retomada da Samarco

A retomada das operações da Samarco, no Sul...