Unidade prisional realiza mutirão de saúde

O Centro de Detenção Provisória de Guarapari (CDPG) realiza, nesta terça-feira (27) e quarta-feira (28), um mutirão de saúde para prevenção e orientação de dermatoses, além da aplicação de flúor em todos os internos custodiados na unidade prisional. O trabalho preventivo também inclui a desinfecção das celas.

Com dois dias de mutirão, espera-se realizar cerca de 900 atendimentos, alcançando 100% dos presos custodiados no Centro de Detenção Provisória de Guarapari.

“O mutirão de rastreamento de dermatoses é uma ação importante para o diagnóstico e tratamento das afecções de pele mais comuns na população privada de liberdade. Além da campanha de dermatose, estão sendo aplicados questionários para rastreio de tuberculose, hanseníase e caxumba. O objetivo é a prevenção, bem como o tratamento precoce dessas doenças, caso haja caso confirmado”, explica o médico da unidade prisional, Vismarquis Paulino.

A ação também contou com a aplicação de flúor, destinada a todos os internos custodiados que receberam instruções sobre a finalidade do procedimento e a importância da saúde bucal para a prevenção da cárie.

O mutirão contou com a atuação da equipe de saúde da unidade prisional, composta por médicos, dentistas, enfermeiros e psicólogos.

Leia mais

Leia também