União que gera o bem: cooperativas fazem a diferença nas comunidades • SiteBarra

União que gera o bem: cooperativas fazem a diferença nas comunidades

A solidariedade é o sentimento que está dando impulso à reestruturação das pessoas neste momento tão difícil e marcante para todos no planeta. As boas ações e práticas, que sempre tiveram seu papel fundamental para a construção de uma sociedade mais feliz, hoje ganham uma relevância ainda maior e geram mais impactos nas comunidades.

E esse é justamente o objetivo principal das atividades realizadas para celebrar o Dia de Cooperar (Dia C), data comemorada anualmente pelas cooperativas de todo o País, no primeiro sábado de julho. Neste ano, as ações têm como meta minimizar os efeitos do coronavírus na vida das pessoas.

Aqui no Estado, o Sicoob ES desempenha um papel importante na promoção de programas e projetos de cunho social, de forma contínua. Neste mês do cooperativismo, esse trabalho é intensificado para gerar transformação e dar mais simbolismo ao “jeito cooperativista de atuar”, segundo o presidente da instituição, Bento Venturim.

Diferença

“O cooperativismo é construído com base na união das pessoas com objetivos em comum. Além disso, a contribuição para o desenvolvimento dos locais em que estamos inseridos está pontuada nos princípios que regem a nossa atuação. Esse foco nos estimula a agir para promoção da diferença na vida das pessoas”, destaca.

Bento Venturim enfatiza que, por meio das estratégias de responsabilidade social, muitos projetos têm a sua continuidade garantida. “Neste período de dificuldade para a maioria das pessoas, as iniciativas voltadas à promoção do desenvolvimento social estavam perdendo o aporte de recursos que recebiam para continuar suas atividades. Mesmo assim, nós mantivemos nossos investimentos para a área”.

A instituição financeira cooperativa está alocando mais de R$ 1,4 milhão em projetos sociais de todo o Estado selecionados por meio do segundo Edital de Projetos Sociais do Sicoob ES.

Filantropia

Para a programação do Dia C, atividades como a arrecadação de alimentos para entidades filantrópicas, a doação de sangue e a doação de móveis para instituições prejudicadas pelas enchentes de janeiro último abrangem as tarefas abraçadas por colaboradores, associados e comunidade, de forma voluntária.

“Essa união em prol do bem de todos traduz de forma exata a essência de uma cooperativa. De pouco a pouco, todos contribuem para o benefício da coletividade. É um trabalho que gera satisfação, inclusão, pertencimento e felicidade, tanto para quem se doa quanto para quem recebe”, afirma Bento Venturim.

Na região Norte do Espírito Santo, cerca de 2,5 mil serão beneficiadas diretamente por meio das ações do Sicoob Norte, cooperativa que também é presidida por Bento Venturim. Já as ações do Sicoob ES devem apoiar 45 mil pessoas no Estado, no Rio de Janeiro e na Bahia.