“Uma grande glória para o povo, o Partido Comunista e a nação chinesa”, diz Xi Jinping sobre erradicação da pobreza


O presidente chinês, Xi Jinping, elogiou nesta quinta-feira os êxitos da erradicação da pobreza extrema do país como um milagre que deve “entrar para a história”.

Xi, que é também secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista da China e presidente da Comissão Militar Central, fez as observações ao discursar em uma grande reunião realizada em Pequim para celebrar as realizações do país no alívio da pobreza e homenagear os lutadores-modelo contra a pobreza, informa a Xinhua.

Em seu discurso, Xi declarou uma “vitória total” na luta contra a pobreza pelos esforços conjuntos de todos os grupos étnicos. “Esta é uma grande glória para o povo chinês, o Partido Comunista da China e a nação chinesa”, afirmou o líder máximo da República Popular da China.

Nos últimos oito anos, a China tirou da pobreza 98,99 milhões de moradores rurais carentes abaixo da atual linha da pobreza, com 832 distritos e 128 mil aldeias pobres removidos da lista de pobreza.

Eliminar a pobreza nas áreas rurais é uma importante contribuição para cumprir a meta de construir uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos, enfatizou Xi.

Desde o final de 2012, a China construiu ou melhorou 1,1 milhão de quilômetros de rodovias rurais, forneceu um abastecimento confiável de eletricidade para as áreas rurais, e expandiu o acesso à internet de fibra ótica e cobertura 4G para mais de 98% de suas aldeias carentes.

Durante o mesmo período, cerca de 25,68 milhões de pessoas carentes de 7,9 milhões de famílias tiveram suas casas degradadas reformadas, e mais de 9,6 milhões de pessoas foram realocadas de áreas subdesenvolvidas.

Além disso, 28 grupos de minoria étnica com população relativamente pequena saíram coletivamente da pobreza.

Xi disse que o país criou um “exemplo da China” de redução da pobreza e fez grandes contribuições para o alívio da pobreza mundial.

A China tirou 770 milhões de moradores rurais da pobreza desde o início da reforma e abertura há mais de 40 anos quando calculado de acordo com a atual linha da pobreza da China, respondendo por mais de 70% do total mundial conforme a linha da pobreza internacional do Banco Mundial.

A China cumpriu 10 anos antes do previsto a meta de erradicação da pobreza estabelecida na Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, disse Xi.

Xi Jinping, presidente da China e secretário-geral do Partido Comunista

Xi Jinping, presidente da China e secretário-geral do Partido Comunista (Foto: Xinhua)

Leia mais

Leia também