UFRN vai analisar resultados das ações do governo federal na assistência aos idosos durante a pandemia

Uma parceria entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o governo federal vai analisar os resultados de políticas públicas na assistência ao idoso durante a pandemia da Covid-19. O foco serão as ações realizadas junto às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) em todo o país. 

O governo vai repassar R$ 84 mil para o Instituto do Envelhecer (IEN), que pertence à UFRN, para execução do levantamento. A pesquisa do IEN vai mapear as ILPIs, levantar os recursos e materiais que as instituições contempladas receberem, a cobertura dos beneficiários atingidos e o grau de contribuição para o combate à transmissão da doença. 

Ministério da Cidadania lança diretrizes para assistência social em contextos de emergência

Com essas informações em mãos, o governo federal vai conhecer o impacto das políticas públicas de assistência aos idosos, corrigir eventuais falhas, além de potencializar ações futuras. 

Agência Brasil

Leia mais

Leia também