Ufes lança primeiro observatório astronômico com acesso remoto do Brasil

 

O Gaturamo Observatório Astronômico (GOA) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) lançou, nesta quinta-feira (22), o primeiro observatório astronômico com acesso remoto do Brasil. A plataforma é pública e pode ser acessada de forma gratuita.

O Telescópio Remoto do Espírito Santo (TeRES) foi desenvolvido para que qualquer pessoa interessada em astronomia tenha acesso às imagens do céu via computador ou celular, mesmo distante do telescópio e sem a necessidade de instalar aplicativos.

Para ter acesso ao telescópio, o interessado deve preencher um formulário no site do GOA. A solicitação será avaliada e a pessoa receberá um retorno com o acesso pelo e-mail informado no cadastro.

Além de curiosos, o objetivo do telescópio é que estudantes consigam desenvolver projetos em astrofísica e em astrofotografia e que professores possam estimular o conhecimento científico através da ferramenta.

“Os estudantes de diversas escolaridades e a própria comunidade em geral vão ter acesso ao telescópio de uma forma remota e gratuita. Neste primeiro momento, a ciência e a arte da astrofotografia estarão disponíveis. Esta iniciativa vai trazer inovações para um público mais amplo, coisa inédita no Brasil. Esse será o primeiro observatório do Brasil com acesso público e gratuito”, contou o coordenador do GOA, Márcio Malacarne.

O projeto de pesquisa TeRES tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Pela plataforma do projeto, o usuário poderá escolher o que consultar — Foto: Divulgação/GOA

Pela plataforma do projeto, o usuário poderá escolher o que consultar — Foto: Divulgação/GOA

 

Projeto da Ufes lança telescópio de observação remota — Foto: Divulgação/GOA

Projeto da Ufes lança telescópio de observação remota — Foto: Divulgação/GOA