Ucrânia: ‘teve tiros na estação’, diz influencer brasileira em Kiev

Compartilhe

A influencer brasileira Lyarah Vojnovic não saiu de Kiev, capital da Ucrânia, no trem com brasileiros que partiu na noite desta sexta-feira (25), com destino à cidade de Chernivtsi, no Oeste do país. A reportagem é de Amaro Mota, do g1 ES.

“O trem não era apenas para os brasileiros. Todo mundo está tentando ‘a sorte’. Não era apenas chegar e entrar no trem. Não tem ninguém da Embaixada. Não era apenas brasileiros lutando por vaga”, escreveu Lyarah em uma rede social.

A chamada “evacuação de emergência”, motivada pela invasão da Ucrânia pela Rússia, foi organizada pela Embaixada do Brasil em Kiev. De acordo com comunicado da embaixada, o destino fica nas proximidades das fronteiras com a Romênia e a Moldávia.

A capixaba Lyarah está com o marido, o jogador de futebol Maycon, e os dois filhos no sótão de um hotel da capital ucraniana. Outros jogadores e familiares estão no mesmo lugar.

De acordo com a influenciadora cristã, não há segurança para sair do hotel. Na sexta, o pai dela, Marcelo Vojnovic, já havia dito que militares russos invadiram um prédio ao lado do hotel.

“Não era ‘vamos levar vocês até a fronteira’. Quem acha que é fácil anda com uma criança no meio de uma guerra por 300 km. Teve tiros na estação. Teve multidões querendo passar um por cima do outro”, disse a influencer.

Em comunicado, a representação brasileira na Ucrânia afirmou que não seria possível garantir que todos os interessados em partir conseguiriam viajar. Também não informou se seriam disponibilizadas novas retiradas. De acordo com o Itamaraty, 500 brasileiros vivem na Ucrânia.

A embaixada também solicitou que os cidadãos que embarcaram no trem enviem nome completo e número de passaporte em uma mensagem para o plantão consular.

“Com os dados, a embaixada buscará organizar o transporte e facilitar os procedimentos de migração”, informou o órgão.

A prioridade de embarque nesta sexta foi dada a mulheres, crianças e idosos. Aos que não conseguiriam embarcar, a orientação foi que permanecessem em casa, aguardando novas instruções da embaixada. O Itamaraty também orienta os cidadãos brasileiros a manter contato diário com a representação diplomática.

 

A capixaba Lyarah Vojnovic mora na Ucrânia com o marido e os filhos

A capixaba Lyarah Vojnovic mora na Ucrânia com o marido e os filhos

Leia também

Dois bueiros construídos pela secretaria de Transportes da prefeitura francisquense em Itaperuninha

A secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, com seus servidores construiu mais...

Lideranças da região do Itaúnas já se mobilizam para audiência pública da ES-320

O líder do Comitê de Defesa da Bacia Hidrográfica do Rio Itáunas, José Carlos Alvarenga, o Carlinhos, assegurou...

Mais de R$ 700 mil em calçamento para Vila Paulista

O Presidente da Câmara de Vereadores de Barra de São Francisco, Lemão Vitorino (PSD), comemorou a publicação no...

Governo repassa quase R$ 200 milhões para o Espírito Santo

  O Governo Federal vai realizar, nos dias 20 e 24 de maio, o repasse de R$ 199,43 milhões...

Enivaldo visita área de festas, que está sendo preparada para shows de Zé Felipe e Frank Aguiar

O prefeito de Barra de São Francisco, Enivaldo dos Anjos, esteve na tarde desta sexta-feira (20), vistoriando a...