Turismo capixaba se mobiliza e busca adequação às normas sanitárias de prevenção ao Covid-19

No Espírito Santo, mais de cem empreendimentos que compõem a cadeia produtiva do turismo fizeram a adesão aos protocolos sanitários de prevenção ao novo Coronavírus (Covid -19), recomendados pelo Ministério do Turismo. Até  essa terça-feira (30), segundo o Ministério do Turismo, no País são 7.500 selos emitidos, sendo 108 no Estado do Espírito Santo. A adesão está vinculada ao selo Turismo Responsável – Limpo e Seguro, que permite que o consumidor identifique o local que aderiu aos protocolos sanitários recomendatórios e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Tem acesso a este selo os empreendimentos e empreendedores cadastrados no Cadastur.  

A adequação dos serviços ligados ao turismo às normas sanitárias foi solicitada à cadeia produtiva do Turismo no início do mês de junho pelo governador do Estado, Renato Casagrande. Essa é a primeira ação do Plano de Retomada da Economia do Turismo, elaborado pela Secretaria de Turismo (Setur). “Estamos satisfeitos com o interesse e a adesão dos estabelecimentos às normas sanitárias. Além do selo nacional, alguns municípios capixabas criaram selos locais, como é o caso de Santa Teresa e da Região Turística de Montanhas Capixabas, possibilitando ao turista, assim que for permitido retomar todas as atividades, ter segurança nas suas escolhas”, enfatizou o secretário de Estado de Turismo, Dorval Uliana.

A adesão ao selo se faz por meio do site do Ministério do Turismo, onde estão publicadas as normas sanitárias para 15 atividades que fazem parte da cadeia produtiva do turismo.

Fernando Otávio, proprietário da Pousada Duas Praias, em Guarapari, é um dos empreendedores que logo que foram publicadas as normas fez a adesão e adequou seu estabelecimento, bem como treinou equipe. “Buscamos as regras e estamos adequados para receber, com segurança os nossos hóspedes”.  Ele enfatizou também que está treinando sua equipe, não só na prática específica de limpeza, higiene e atendimento, mas de conhecimento das regras e o porquê delas, para que toda a equipe possa responder a qualquer questionamento dos hóspedes.

Em Conceição da Barra, o empresário Luiz Marcio, proprietário da Pousada Estância da Barra, relata que já aderiu às regras propostas e está aproveitando o tempo de quarentena, permanecendo de portas fechadas para treinar a equipe e adequar o espaço para quando for possível receber turistas. “Esta adesão ao selo passará segurança ao nosso cliente e isto é muito importante para a retomada de nossa atividade”, afirma.

Selo

Para solicitar o selo, o interessado deve acessar o site (http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel/) e ler as orientações previstas no protocolo destinado ao segmento em que atua e estar com a situação regular no Cadastur. Em caso positivo, ele adere à autodeclaração que atende aos pré-requisitos determinados e é encaminhado para uma área do site onde pode realizar o download do selo para impressão.

O selo, que é totalmente gratuito, deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code, por meio do qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento, o que poderá resultar em revogação do selo. Em caso de empresas, o selo já se encontra disponível.

Com informações do Ministério do Turismo.

Leia mais

Gabriel Gava entrega cestas básicas arrecadadas em live

O cantor Gabriel Gava entregou nesta terça-feira (18),...

Homem é agredido e preso depois de assaltar bazar em Vitória

Crime aconteceu na noite desta quarta-feira (29) no bairro Santo Antônio. Um homem de 38 anos foi agredido depois de assaltar a funcionária de um...

Ações emergenciais do setor cultural são regulamentadas por meio de decreto presidencial; Saiba mais

Um decreto publicado pelo presidente Jair Bolsonaro deve regulamentar ações emergenciais destinadas ao setor cultural durante a pandemia da Covid-19. O projeto foi elaborado...

Leia também

MP em discussão no Congresso Nacional pode aumentar volume de crédito oferecido a empresários paranaenses

A obtenção de crédito por empreendedores brasileiros tem se tornado um entrave durante a crise financeira ocasionada pela pandemia. No Paraná, segundo pesquisa do...

Leilão do saneamento básico em Alagoas deve aumentar percentual da população que recebe atendimento de coleta de esgoto

O serviço de saneamento básico deve ter um novo cenário na região metropolitana de Maceió nos próximos anos. Atualmente, segundo dados do Sistema Nacional...

Mais de 313 mil empregos foram criados em setembro

egundo o Ministério da Economia, é o melhor resultado para setembro desde que foi criado o Caged, em 1992. Foto: Wilson Dias / Agência...

Programa Vigiar SUS é lançado pelo Ministério da Saúde

Foto: Sumaia Villela / Agência Brasil Vigilância, alerta e resposta a ações para melhorar a saúde e o bem-estar da população brasileira. Para isso,...