Trump retorna ao jogo político com negacionismo e revanchismo


“Donald Trump retomou, nos Estados Unidos, sua agenda de comícios e eventos públicos. O ex-presidente escolheu Wellington, em Ohio, para iniciar uma sequência de atividades presenciais que deve se entender para diversos outros estados e regiões nos próximos meses”, escreve a jornalista Fernanda Magnota no UOL.

“Banido das redes sociais, que constituíam sua principal forma de engajamento público, o ex-presidente vinha se manifestando apenas por meio de declarações curtas postadas em seu site oficial. Engana-se, no entanto, quem tem a percepção de que ele tenha desaparecido. Enquanto lida com investigações sobre fraude fiscal conduzidas pelo Ministério Público de Nova York, Trump produziu incontáveis notas públicas nos últimos meses e tem articulado nos bastidores do partido republicano”.

“A estratégia, tanto nas manifestações digitais pregressas quanto nos comícios que agora têm lugar deve ser a mesma: apostar na narrativa da fraude eleitoral para deslegitimar o governo eleito e atacar, não apenas os democratas e o presidente Biden, como também a ala republicana que Trump considera traidora de sua confiança”

Leia a íntegra.

Donald Trump

Donald Trump (Foto: Reprodução)

Leia mais

Leia também