Três anos após acidente e coma, jovem de Nova Venécia supera diagnóstico, volta para casa e trabalha como barbeiro

Compartilhe

 

Após sair do coma, Gabriel Belcavello recebeu a notícia de que não andaria mais. Engana-se quem acha que ele acreditou no diagnóstico. Hoje, o barbeiro já consegue ficar em pé e trabalha. Veja que história emocionante e de superação

Reportagem: Cintia Zaché, Rede Notícia


“Minha mãe me contou que os médicos queriam desligar os aparelhos, meu corpo estava com temperatura baixa e eu em coma. Ela brigou, não deixou e aqui estou, vivo e disposto a nunca desistir”. A afirmação emocionante é do barbeiro, Gabriel Belcavello, 24 anos, morador do bairro Diadema.

O rapaz estava no carona de uma moto quando voltava de um evento de motocross em que ele estava assistindo e, na volta, na Rodovia que liga Nova Venécia a Vila Pavão, aconteceu o acidente.

Dali, de acordo com Gabriel, o atendimento hospitalar foi no São Marcos, atendido pelo médico José Carlos Lubiana. Depois, ele foi levado desacordado para o Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, teve três paradas cardíacas no caminho e precisou de nove bolsas de sangue.

A história tem cerca de três anos e, nesse tempo, ele diz que a luta pela vida e a insistência para permanecer entre seus amigos e familiares começou lá atrás, mas, vem sendo uma vitoriosa superação a cada dia.

“Primeiro, queriam desligar os aparelhos que me mantinham vivo, depois, disseram que nunca mais eu iria voltar a andar. Hoje, eu já dou uns passos sem as muletas e trabalho. Quem precisar de um corte de cabelo ou barba, pode vir que atendo em minha casa. Esses dias teve uma pessoa que veio aqui cortar o cabelo e publicou uma foto, mostrando minha história. Começaram a me ligar querendo o meu Pix para me ajudar. Eu agradeço, mas não quero, quero ganhar dinheiro do trabalho que desempenho. Quem quiser me ajudar, é só indicar meu trabalho”, fala.

O acidente e a reabilitação

No acidente, Gabriel fraturou a coluna cervical, quebrou sete costelas e braço direito em três lugares e ficou 54 dias internado, sendo 14 deles, em coma. “Tive alta. Fiquei quatro meses de cama. Minha mãe me levou para uma clínica de fisioterapia em Vitória, cheguei lá deitado, usando fraldas. Com o trabalho desenvolvido lá, comecei a evoluir, parei de usar fralda, mas dependia da cadeira de rodas e dependia dos outros para empurrar, já que o braço estava quebrado. Fui melhorando e consegui levantar e abaixar e dar uns passos”, conta.

Do Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (CREFES), onde estava em reabilitação, em Vitória, o barbeiro veio para casa e depois conseguiu uma vaga no Hospital Sarah Kubitschek, em Belo Horizonte (MG), e lá foi ele em mais uma missão: a recuperação. “Lá eu fazia fisioterapias, academia, tudo completo, foi muito bom, mais evoluções, fui recuperando os músculos do corpo e voltando a realizar algumas atividades”, relata.

Ao voltar para casa, o veneciano descreve que além de realizar os trabalhos para sua reabilitação, como a prática diária de exercícios em academia, Gabriel retornou com o serviço da barbearia. “Para quem foi desenganado, vejo que estou no caminho certo. Eu sempre tenho essa frase em minha mente: ‘no livro da minha vida, você pode escutar qualquer coisa, menos ele desistiu’. Eu não vou desistir. Corto cabelo sentado, às vezes, em pé, assim vou indo. Pelos meus pais, eu vou me recuperar. O sofrimento deles foi enorme, eu sou pai e sei o que é. Eu quero ver o sorriso no rosto deles e quero que me vejam voltando a andar como antes”, descreve.

Gabriel é filho da funcionária pública, Creuza Gomes Batista, e do autônomo, Zelio Belcavello, e tem dois filhos, o Enzo, 6, e a Agatha, que vai completar dois anos em março. “Eu não vou parar até conseguir. Já disse que essa palavra, desistir, não existe em meu dicionário”, declara.

Para quem quiser marcar horário na barbearia do Gabriel, entrar em contato pelo telefone: 99530-8147.

Leia também

Athletico-PR derrota Libertad por 2 a 1 na Arena da Baixada

O Athletico-PR superou o Libertad por 2 a 1, nesta terça-feira (28) na Arena da Baixada, em Curitiba,...

Tiroteio entre suspeitos e PM deixa feridos em Vitória

  O confronto entre suspeitos e a Polícia Militar (PM) terminou em troca de tiros que deixou feridos nesta...

Associação entrega ofício ao governador Casagrande em busca de apoio para finalizar creche do bairro Irmãos Fernandes

A Associação de Moradores do bairro Irmãos Fernandes, por intermédio do presidente, Mazinho do Hospital, fez dois ofícios...

Justiça determina que Renova volte a pagar auxílio emergencial a pescadores e agricultores

  Bombeiros durante buscas na barragem de Fundão, em Mariana — Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros A Justiça Federal intimou...

Ações da Embrapa para mitigar crise dos fertilizantes podem gerar US$ 1 bilhão de economia ao setor

Uma economia ao setor agrícola de US$ 1 bilhão já no primeiro ano. Essa é a expectativa da...

EUA: americano come 63 cachorros-quentes em 10 minutos e vence concurso

Chestnut possa para foto antes da competição, com 76 hot dogs numa bandeja. — Foto: AP Photo/Julia Nikhinson O...

Prefeitura de Jaguaré vai pavimentar distrito de Fátima

  Já está na conta do Fundo Municipal de Investimento da Prefeitura de Jaguaré, o recurso para início das...