Tranquilidade no retorno das aulas presenciais em Anchieta

As escolas e creches de Anchieta voltaram a receber seus alunos dentro de uma nova rotina escolar. A Secretaria de Educação (Seme) avalia que, mesmo com a imposição das regras e protocolos sanitários para conter o avanço da Covid-19, o retorno foi tranquilo. As 41 unidades, que foram reformadas ou receberam manutenção no ano passado, ganharam novos equipamentos para atender seus seis mil alunos.

Segundo o secretário da pasta, Carlos Ricardo Balbino, a tranquilidade vista no retorno das aulas é reflexo do planejamento cuidadosamente elaborado pelas equipes da Seme junto às escolas em constante diálogo com a sociedade.  Tudo foi preparado para atender as demandas e possíveis intercorrências em virtude do novo formato.

Conforme a pasta, o transporte escolar está funcionando normalmente e a recomendação é que seja evitado por quem mora a menos de 1,5 km da unidade escolar, a fim de evitar aglomeração nos veículos. As unidades foram abastecidas com alimentação escolar e materiais didáticos e pedagógicos. Balbino lembra que os alunos em situação de vulnerabilidade, que necessitarem de máscaras ou outro tipo de material, podem procurar a direção da escola para serem atendidos.

“O retorno às aulas também foi um momento de muita felicidade pras crianças e de esperança pra sociedade. As crianças e adolescentes foram os mais afetados pela pandemia. Não só no que diz respeito ao aprendizado, mas também ao convívio social. Portanto é necessário que a sociedade faça um esforço ainda maior pra manter as escolas abertas, abrindo mão de atividades não essenciais, de lazer, aglomerações e reuniões em família”, recomenda.

O formato adotado em Anchieta é híbrido, com aulas on-line e presenciais. Os pais poderão escolher, desde que os alunos cumpram as obrigações escolares. A ferramenta utilizada para o ensino remoto será a Google for education. Será feito revezamento semanal e cada sala de aula será ocupada com 50% das vagas.

Anchieta atende 6 mil alunos do berçário ao nono ano do ensino fundamental e ainda conta com a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Leia mais

Leia também