Trabalhadores de portos e aeroportos começam a ser vacinados contra a Covid-19 nesta sexta-feira (28)

Foto: Giovani Pagotto/Governo-ES

O Governo do Estado deu início à imunização de mais dois grupos prioritários da Campanha Nacional de Operacionalização de Vacinação contra a Covid-19 nesta sexta-feira (28). Em ato simbólico no Palácio Anchieta, em Vitória, o governador Renato Casagrande recebeu trabalhadores portuários e do transporte aéreo para aplicação da primeira dose da vacina.

O início da vacinação destes grupos segue a orientação do Ministério da Saúde, comunicada na última terça-feira (25). No Espírito Santo, 19.851 trabalhadores serão imunizados, sendo 1.017 do transporte aéreo e 18.834 portuários.

Ainda, segundo a Resolução nº 085/2021, da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), a vacinação ocorrerá de acordo com a disponibilidade de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. Na última quarta-feira (26), o órgão encaminhou 19.627 doses para este grupo, podendo atender 78% dos trabalhadores do transporte aéreo e 100% dos portuários.

Em sua fala, o governador destacou a importância do início da imunização dos trabalhadores portuários e aeroportuários. “É um grupo que não parou em nenhum momento. Já estou conversando com minha equipe para que possamos tomar alguma decisão para que o Estado ajude a diminuir o risco de contágio de novas variantes em portos e no aeroporto, independentemente de o Governo Federal tomar ou não alguma decisão”, disse.

Durante o ato simbólico, Casagrande anunciou a decisão pela retomada da vacinação por faixa etária, dando mais agilidade à imunização da população capixaba em geral.

“Vamos começar a vacinar grupos prioritários com mais intensidade. A CIB decidiu que podemos vacinar a população pela faixa etária, da maior para a menor, sem comorbidade, desde que continuemos a reservar as doses para os grupos prioritários. Então, de todas as doses que chegarem agora, 10% serão para a reserva técnica para seguirmos com a vacinação desses grupos. Do que sobrar, 20% será para grupos prioritários e os 80% restantes serão para vacinar por idade”, afirmou o governador.

O diretor-presidente da Companhia Docas do Estado do Espírito Santo (Codesa), Julio Castiglioni, comemorou o início da vacinação desse novo grupo de trabalhadores. “É muito bom ver os colegas de trabalho que mantiveram porto e aeroporto funcionando sendo vacinados. Vimos a cada dia e noite o Porto funcionando permanente, mantendo o abastecimento sem prejuízos. Obrigado pela sensibilidade do Governo em mostrar para as pessoas que estão em casa esse momento tão importante para nossa categoria”, declarou.

“Para nós é motivo de muita alegria estar aqui hoje. Estamos representando uma equipe que trabalhou todos os dias durante a pandemia para que as vacinas chegassem ao estado. Contribuir com essa campanha e conseguir ser contemplado nessa organização é motivo de muito orgulho”, apontou o gerente geral de Aeroportos da Zurich Airport Brasil, Kleyton Mendes.

O que levar e como será a vacinação

Serão considerados trabalhadores portuários qualquer trabalhador de portos, incluindo os funcionários da área administrativa, tendo no ato da vacinação a necessidade de levar documento comprobatório do exercício ativo da função.

Já os trabalhadores do transporte aéreo, serão considerados os funcionários das companhias aéreas nacionais, conforme Decreto nº 1.232/1962 e a Lei nº 13.475/2017, e funcionários dos aeroportos e dos serviços auxiliares ao transporte aéreo (aeroportuários).

No ato da vacinação, estes trabalhadores deverão levar documento que comprove a situação de trabalhador empregado de companhias aéreas nacionais. Aos demais, o devido credenciamento aeroportuário válido, conforme o Decreto n° 7.168/2010 e RBAC 107 da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

A Secretaria da Saúde (Sesa) recomenda que para a operacionalização da imunização, a vacinação seja realizada in loco ou o município identifique um serviço de vacinação de referência o mais próximo possível do local de atuação dos trabalhadores portuários e dos trabalhadores do transporte aéreo.

Depoimentos

“Sinto feliz por poder estar sendo um dos primeiros na equipe, trazendo essa boa notícia para que a gente possa construir um ambiente mais seguro de trabalho para todos nós” – Ricardo Bastazini de Silva, 29 anos, fiscal de pátio do Aeroporto de Vitória

“Eu simplesmente não acreditei quando me ligaram para falar sobre a vacina. Hoje representa a esperança de que vai dar tudo certo” – Adriana Lage Ribeiro, 29 anos, analista de projetos do Aeroporto de Vitória

“Graças a Deus chegou o dia de hoje. Estou muito tranquilo, pois é uma dose que traz segurança para mim e minha família” – Jonas Cardoso Manuel, 58, capatazia e representante do Sindicato Unificado da Orla Portuária do Espírito Santo.

“Felicidade demais de poder chegar aqui hoje para ser vacinado. Não paramos de trabalhar. Isso traz uma esperança” – Fernando Paoliello Ziviani, 57, estivador e representante do Sindicato dos Estivadores.

“Estava muito ansioso em poder receber essa vacina. Representa qualidade de vida. É cuidado com minha família, minha saúde e meus companheiros de trabalho” – Adelson Marcos de Souza, 49, arrumador e representante do Sindicato dos Arrumadores


Leia mais

Leia também