Todos profissionais da rede estadual de educação do Espírito Santo serão testados para a Covid-19

Os profissionais da educação e parte dos alunos do Espírito Santo serão testados para a Covid-19. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (18) pelos secretários estaduais de Saúde, Nédio Fernandes, e Educação, Vitor de Angelo.

Segundo Nésio Fernandes, todos os profissionais da rede estadual serão testados.

Também haverá um inquérito sorológico com parte dos alunos e profissionais das redes municipal, estadual e particular.

No inquérito, mais de 5 mil pessoas serão testadas em 13 cidades.

De acordo com Vitor, as datas e demais informações sobre as testagens serão divulgadas aos profissionais a partir da próxima semana.

Sobre o retorno das aulas presenciais para os ensinos fundamental e médio, Nésio explicou que ainda não há data definida.

Nésio explicou que os dados disponíveis apontam para a possibilidade de retorno das aulas em outubro. O atual decreto sobre a suspensão das aulas presenciais vale até o final de setembro.

As instituições de ensino superior estão autorizadas a ter aulas presenciais desde segunda (14).

Plano de volta às aulas

O governador Renato Casagrande (PSB) anunciou no dia 4 de setembro que tem “interesse” em retomar as aulas presenciais das instituições da educação básica em outubro. Um plano de retomada foi divulgado pelo governo e disponibilizado para consulta pública.

Tal protocolo prevê as medidas a serem adotadas nas instituições de ensino para que a retomada seja segura para alunos e funcionários.

O plano prevê o retorno às aulas presenciais das escolas públicas estaduais, em regime de revezamento semanal, gradual e em etapas.

O uso das atividades remotas por meio do Programa EscoLAR passou a ser considerado carga horária letiva a partir de 1º de julho.

Com isso, mesmo com o retorno às aulas presenciais, as atividades e os recursos disponibilizados à distância complementarão as atividades dos encontros presenciais, constituindo um modelo híbrido da oferta educativa.

Quando for definida a retomada, as unidades escolares deverão observar procedimentos técnicos e sanitários.

 

Leia mais

Leia também