Tio que estuprou e engravidou menina de 10 anos no ES é condenado a 44 anos de prisão

Homem está preso desde agosto de 2020 e exame de DNA confirmou o crime. Gestação foi interrompida com autorização da Justiça.

O homem de 33 anos que estuprou e engravidou a sobrinha de 10 anos em São Mateus, no Espírito Santo, foi condenado a 44 anos, três meses e cinco dias de prisão. A gestação da menina foi interrompida com autorização da Justiça.

Segundo o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), a sentença foi proferida no início de fevereiro e o juiz fixou o regime fechado para o cumprimento da pena e manteve a prisão preventiva. O caso está em segredo de Justiça.

O homem está preso desde 18 de agosto de 2020 e um exame de DNA confirmou que ele estuprou e engravidou a criança.

Aborto em Pernambuco

A vítima é do interior do Espírito Santo, mas precisou viajar até Recife, em Pernambuco, para interromper a gestação.

Com a repercussão do caso e após ter dados pessoas expostos na internet, a família da menina aceitou participar do Programa de Apoio e Proteção às Testemunhas, Vítimas e Familiares de Vítimas da Violência (Provita), oferecido pelo Governo do Espírito Santo, e que prevê apoio como mudança de identidade e de endereço.

Prisão

O tio da menina foi preso em Betim, em Minas Gerais. Depois da prisão, ele foi ouvido pela polícia, mas o teor do depoimento não foi divulgado.

“Informalmente”, segundo o delegado que investigou o caso, ele confessou o abuso aos policiais que fizeram a prisão.

Informações: G1

Leia mais

Leia também